O Beijo de Judas

Teatro
O beijo de Judas
©DR O beijo de Judas

A Time Out diz

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme se os eventos continuam agendados.

Peça de David Hare que Carlos Avilez encena para o Teatro Experimental de Cascais, companhia que, assim, chega à sua 160ª produção. Escrita em 1998, O Beijo de Judas retrata dois momentos fundamentais na vida do “dandy”, dramaturgo e romancista Oscar Wilde. Primeiro, o dia em que, tomando uma posição ética intransigente, o artista, depois saber o veredicto que o declara culpado por indecência e sentencia a dois anos de prisão, decidiu não fugir de Inglaterra, acabando preso. Segundo, a noite, dois anos depois da pena cumprida e já em Itália, em que o seu amante, lorde Alfred Douglas, ou Bosie, por quem Wilde arriscou a pele, acaba por o trair. Interpretando este texto sobre o amor e a traição, com cenografia e figurinos de Fernando Alvarez e desenho som de Hugo Neves Reis, estão Joana Bernardo, João Gaspar, Miguel Amorim, Renato Godinho, Rodrigo Paganelli, Sérgio Silva e Tadeu Faustino.

Por Rui Monteiro

Publicado:

Detalhes

Também poderá gostar