Órfãos

Teatro
Orfãos
©Estelle Valente

Sala de jantar, mesa iluminada a velas, Helen e Danny arrolhando enquanto Liam, o irmão da mulher, mira o casal, que o olha a ele, porque, embora ninguém diga nada, Liam está coberto de sangue. E, a partir daqui, o texto de Dennis Kelly, que Tiago Guedes escolheu encenar, com Isabel Abreu, Romeu Costa e Tónan Quito na interpretação, começa a levantar “questões pertinentes sobre a origem do medo, em particular a vaga e indefinida ameaça do ‘outro’ e da necessidade desesperada de nos sentirmos seguros com a nossa família.” E daqui resulta o quê? Uma “história de suspense contemporânea que transporta o espectador numa viagem arrepiante a um mundo que existe mesmo no fundo das nossas ruas.”

Por Rui Monteiro

Publicado:

LiveReviews|0
1 person listening