Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Três exposições para ver na Cooperativa Árvore até ao final do mês
Pratos para que vos quero
© Pedro Gil e Marta Terra Silva Prato de João Carqueijeiro integra a exposição 'Pratos para que vos quero'

Três exposições para ver na Cooperativa Árvore até ao final do mês

Até 31 de Outubro, pode ver obras da colecção do escritor Mário Cláudio, peças em cerâmica da francesa Louise Frydman e uma exposição colectiva de pratos. Tudo sem pagar um tostão.

Por Maria Monteiro
Publicidade

Com mais de 50 anos de actividade, a Cooperativa Árvore é um pólo central de formação, produção e divulgação de arte e cultura no Porto, com particular enfoque nas artes plásticas. Fundada por um grupo de artistas constituído pelo escultor José Rodrigues, primeiro presidente da cooperativa, o arquitecto José Pulido Valente, o pintor Armando Alves e o escultor e pintor Ângelo de Sousa, a Árvore é, ainda hoje, ponto de encontro de artistas e intelectuais da cidade e do país. Na verdade, é uma casa aberta a todos os que tenham interesse e curiosidade em fazer ou ver arte e tem um programa regular de oficinas e cursos livres de pintura, cerâmica, desenho ou gravura, residências artísticas, conferências, edições gráficas e, claro, exposições. Até 31 de Outubro há três para ver de uma assentada: a colecção privada do escritor Mário Cláudio, as peças em cerâmica da artista francesa Louise Frydman e uma exposição colectiva de pratos. O melhor é que não tem de escolher, já que a entrada é livre. 

Recomendado: Exposições a não perder no Porto

Mais arte no Porto

Kinderszenen
© Lionel Jusseret

19 exposições a não perder no Porto

Arte

Depois de meses presos às exposições e visitas guiadas virtuais, a cena artística e cultural apresenta-se tão vibrante e diversa como sempre a conhecemos. Em tempos particularmente desafiantes, os museus e galerias do Porto apostam numa programação forte e multidisciplinar que promete atrair todo o tipo de públicos. De figuras emblemáticas da arquitectura, fotografia e performance como Eduardo Souto de Moura, Álvaro Siza, Alfredo Cunha e Yoko Ono, a génios nacionais e internacionais da pintura como Nadir Afonso, Monet e Klimt, passando por nomes da ilustração ou arte contemporânea, é só escolher. Não há desculpa para não se aculturar – até porque pode entrar em boa parte destas exposições sem gastar um cêntimo.

Recomendado: Os melhores museus no Porto

Viola
©Casa Museu Teixeira Lopes

16 obras de arte para ver no Porto

Arte Obra-prima

Provavelmente nunca reparou, mas há muitas obras de arte espalhadas pela cidade e, algumas delas, estão mesmo debaixo do seu nariz. A pensar na sua cultura geral e artística, reunimos 16 obras de arte para ver no Porto, de visita obrigatória. Da pintura à escultura, passando pela arte urbana, onde aparecem murais grafitados, até colecções únicas de soldadinhos de chumbo em museus, aqui tem um pouco de tudo. Para admirar sozinho ou acompanhado, com amigos ou em família, pegue nesta lista, dê um passeio pela cidade e aplauda os artistas da Invicta.

Recomendado More from Christmas

    More from Christmas

      Também poderá gostar

        Publicidade