A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Mercado da Ribeiro - Fruta
©João SaramagoFoi criado um mercado temporário no centro comercial La Vie Porto

Tudo o que pode fazer no Bolhão e arredores

Vai ao mercado comprar frescos e não quer perder a viagem? Ainda bem, aqui tem uma lista com tudo o que pode fazer no Bolhão e arredores

Escrito por
Mariana Morais Pinheiro
Publicidade

Nem só do Bolhão vive o Porto e a verdade é que um dos mais importantes ex-líbris da cidade, que será requalificado em breve, está rodeado de muito e bom comércio. Este mercado, que tanto atrai portuenses como turistas, tem como vizinhas mercearias centenárias, ateliês de criadores de moda, bons restaurantes e confeitarias cheias de coisas boas. Aqui tem uma lista com tudo o que pode fazer no Bolhão e arredores. Não precisa de agradecer.

Tudo o que pode fazer no Bolhão e arredores

  • Compras
  • Mercados e feiras
  • Santa Catarina

Nasceu de um lameiro e já conta mais de um século de história. Este mercado não é apenas feito dos produtos frescos e locais mas também dos comerciantes e de toda a fiel clientela que há anos enche os sacos nestas bancas. E é este enraizar de hábitos, cheiros e cores, que faz do Mercado do Bolhão um ponto carismático da cidade e de paragem obrigatória.

Publicidade
  • Compras
  • Mercearia de bairro
  • Santa Catarina

Fundada em 1917 por António Rodrigues Reis, esta mercearia tradicional é conhecida pela grande oferta de enchidos, pelo queijo da Serra que vendem e pelas frutas cristalizadas. Também têm biscoitos, amêndoas, azeites e muitos vinhos. Se não lhe faltar nada disto na despensa, aproveite para admirar a fachada em Arte Nova. Os azulejos anunciam chás, cafés e fazem uma alusão à rota das especiarias.

Publicidade
  • Compras
  • Mercearia de bairro
  • Baixa

O atendimento personalizado e atencioso é um dos pontos fortes desta casa fundada em 1934. Os outros, também muito merecedores de destaque, são os queijos, os enchidos, os vinhos, os licores e os chocolates. Há também uma grande variedade de frutos secos, de farinhas, azeites e conservas.

Publicidade
  • Compras
  • Chocolates e doces
  • Baixa

Fundada por Januário Ferreira há 90 anos, esta mercearia começou por ser perita em café, especiarias, bacalhau e chás. O negócio passou de geração em geração e, há duas décadas, mudou o conceito, quando começou a apostar na decoração de bolos, uma lacuna que existia no mercado portuense. Os cabazes personalizados e alusivos a cada época do ano e as amêndoas de chocolate são também pontos fortes.

  • 4/5 estrelas
  • Restaurantes
  • Português
  • Baixa

"Mal uma pessoa poisa chegam logo os rissóis de peixe, recheio de consistência perfeita, muito saborosos. As opções para prato principal mudam diariamente, mas a pescada frita com salada russa é recorrente e incontornável (...)". Quem o diz é o nosso crítico Alfredo Lacerda, que se enfiou neste Buraco e gostou. Também gostou das sardinhas panadas, dos carapaus fritos, ambos com arroz de feijão, e da rabanada para sobremesa.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Geladarias
  • Clérigos

O que é que acontece quando um italiano vai para Paris atrás do amor e acaba por abrir uma gelataria? Nasce a Amorino, que significa cupido em italiano. Aqui servem-se gelados cremosos em forma de flor, sem corantes e feitos com leite e ovos biológicos. E ainda há algumas opções veganas. Além dos 23 sabores fixos, há sempre um sabor do mês, feito com ingredientes sazonais.

  • Compras
  • Baixa

São 130 metros quadrados recheados de sabonetes, águas-de-colónia, cremes, loções e espumas para a barba da marca que foi buscar o nome a Achilles de Brito, o contabilista da Claus & Scwheder, fábrica que mais tarde se transformaria na Claus Porto. Neste espaço poderá encontrar ainda produtos da Saboaria e Perfumaria Confiança, empresa bracarense, também ela centenária, comprada pela Ach. Brito em 2008.

Publicidade
  • Compras
  • Baixa

O novo espaço de Luís Buchinho tem três andares. No piso inferior, sem vista para a rua, ficam os armazéns; a loja ocupa o rés-do-chão; e o ateliê, onde é possível ver Luís Buchinho a trabalhar, através das grandes janelas, é no andar superior. “A loja está inserida um edifício dos anos 60, com quatro montras gigantescas, com imensa luz, e com um lado mais modernista e contemporâneo. Precisávamos de um espaço assim, novo, que se adaptasse às necessidades do momento”, diz o criador. Em breve terá como vizinho Nuno Baltazar.

  • Compras
  • Baixa

Maria João, uma das donas, não gosta de chamar esta loja de loja. “É um espaço”, diz, “aberto a toda a gente e inclusivo, onde temos projectos de criadores do Norte, mas damos especial importância aos daqui do Porto”. Querem apresentar marcas novas todas as semanas e ter diferentes artigos em exposição. As peças que vendem são únicas – não existem em mais lado nenhum na cidade – e vão da roupa, calçado e joalharia, a objectos de decoração para a casa. 

Publicidade
  • Compras
  • Malas e bagagem
  • Baixa

Dificilmente encontrará melhor especialista na venda de malas, carteiras, porta-moedas, mochilas, sacos de verão, artigos de viagem e por aí fora. A Casa Navarro é uma referência na cidade e está de portas abertas desde 1860.

  • 4/5 estrelas
  • Restaurantes
  • Fusão
  • Baixa
  • preço 2 de 4

Faz parte de uma cadeia de restaurantes com o mesmo nome, espalhados pela cidade, mas isso não fez com que Francisco Beltão, nosso crítico gastronómico, torcesse o nariz. Aqui destacou o polvo com especiarias que "vinha cozinhado no ponto, muito tenro, num caldo com pimento, abóbora, cebola e outras especiarias". Também gostou da vitela de comer à colher com risotto alla parmigiana e do bolo de chocolate para sobremesa. No final deu-lhe quatro estrelas.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Baixa
  • preço 2 de 4

Mal abriu o BOP, na Baixa, mostrou que vinha para ficar. A identidade própria e muito ligada à música – a começar pelo grande armário cheio de vinis atrás do balcão, uma das imagens de marca da casa – chamou muitos curiosos e as boas cervejas agarraram-nos. A música é realmente boa neste espaço e ainda sabe melhor quando é acompanhada por uma cerveja mexicana, jamaicana ou até uma japonesa. Há muitos cocktails e, no que aos cafés diz respeito, aqui há café de filtro, moído na hora.

Mais coisas para fazer no Porto

  • Coisas para fazer
O Porto é fervilhante e a prova disso é que impossível morrer de tédio esteja onde estiver. Em cada rua ou esquina da cidade há sempre alguma coisa a acontecer. Passe os olhos por esta lista e fique a saber tudo o que pode fazer na Avenida da Boavista. Nesta artéria com 5,5 quilómetros (que lhe vai levar mais de uma hora a percorrer em ritmo de passeio) vai encontrar lojas de roupa e calçado de marca, bons restaurantes, sítios para relaxar e outros com muitas opções culturais. Boa caminhada.
Publicidade
  • Coisas para fazer
As ruas do Porto estão carregadas de muito e bom comércio tradicional (ainda bem) e a prova disso é que pode passar um dia inteiro a andar para cima e para baixo, sempre na mesma artéria, e não se aborrecer um minuto. Fizemos-lhe uma lista com tudo o que pode fazer na Rua Mouzinho da Silveira no Porto, desde entrar em barbearias para se pôr bonito, em lojas onde se vendem antiguidades, sementes ou até mantas em lã, ou em bons restaurantes para comer. Aproveite.
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade