A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Rabanada do Terreiro
Fotografia de Marco DuarteRabanada do Terreiro

Dez rabanadas para provar no Porto neste Natal

Com uma simples fatia de pão se faz um dos doces mais tradicionais e gulosos da mesa das festividades natalícias. Conheça alguns sítios no Porto para comer rabanadas.

Escrito por
Ana Patrícia Silva
e
Teresa Castro Viana
Publicidade

As melhores rabanadas são feitas pelas nossas mães e avós, bem sabemos. Mas nem sempre podemos lambuzar-nos com os doces feitos pela família e de vez em quando sabe bem experimentar algo diferente. No Porto, há várias opções deste tradicional doce natalício, seja no seu formato tradicional ou em versões mais fora da caixa. Em caso de dúvida, o melhor é provar todas, para descobrir qual é a sua preferida. E, claro, para no final dizer que as melhores são mesmo as rabanadas da mãe e da avó.

Recomendado: Seis sítios para comer aletria no Porto

Rabanadas para provar no Porto neste Natal

  • Restaurantes
  • Fusão
  • Porto
  • preço 2 de 4

A rabanada é um prato estrela no Semea by Euskalduna. É feita com cacete caseiro, que é demolhado em leite e natas durante três horas, deixando-a bastante húmida no interior. Depois, é passada por ovos, açúcar e canela, é frita em manteiga e servida com uma bola de gelado. No Euskalduna Studio, é possível encomendar para o dia 24 de Dezembro para levantar no restaurante. O preço é de 3€ por rabanada e a encomenda mínima é de oito rabanadas.

  • Restaurantes
  • Galerias

Nem só de quiches, sumos naturais e brigadeiros se faz a carta do Itaipú. A rabanada (1,50€), feita com cacete caseiro, está disponível todos os dias e é servida numa dose muito generosa. Vai para a mesa com uvas passas, um pau de canela e uma calda pegajosa feita à base de vinho do Porto, chá preto e casca de limão. As encomendas para a consoada podem ser feitas por telefone (22 200 2938).

Publicidade
  • Restaurantes
  • Restaurantes
  • Ribeira
  • preço 2 de 4

Feita com molete (de preferência do dia anterior), a famosa rabanada do Terreiro é servida com uma calda à base de água, leite, pau de canela, casca de limão e um ingrediente extra (e secreto). É passada por ovo, frita em óleo e servida com açúcar e canela em pó. As rabanadas são feitas na hora, por isso, se a quiser provar à sobremesa, convém pedir antes da refeição. Duas rabanadas ficam por 3,50€.

  • Restaurantes
  • Português
  • Baixa
  • preço 2 de 4

As rabanadas d'O Antunes, servidas durante todo o ano, são a imagem de marca desta casa. Muito fofas e amarelinhas, são feitas a olho pela D. Maria Luísa, a responsável pelo restaurante. Usam pão do dia anterior (um para cada rabanada) que, depois de demolhado numa mistura de leite, ovos e canela, entre outros ingredientes, é frito e polvilhado com canela e açúcar. O molho vai para a mesa engarrafado e cabe ao cliente a decisão de as ensopar ou não. O preço é de 1,75€ por rabanada.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Português
  • Bonfim
  • preço 2 de 4

As rabanadas d'A Cozinha do Manel, feitas desde a abertura da casa, são especiais devido à quantidade de frutos secos (figos, passas e alperces) que levam. Feitas com pão de forma sem côdea do dia anterior, são demolhadas em leite quente e passadas por ovo antes de fritar. Chegam à mesa com uma calda com frutos secos, canela e vinho do Porto branco, e umas folhinhas de hortelã para dar cor. Custam 4€.

  • Restaurantes
  • Petiscos
  • Foz

Aqui saboreia-se sem pressa, com comida para partilhar e vista para o rio Douro, no terraço com lareira ou no interior. As novidades da carta de Outono/Inverno, da autoria do chef João Pupo Lameiras, são inspiradas nos sabores da época. Entre elas está uma rabanada com doce de ovos e redução de vinho do Porto (6€), à qual pode acrescentar gelado de queijo de ovelha, por mais 1€.

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Santa Catarina
  • preço 2 de 4

A receita das Rabanadas à Majestic (6€), servidas há quase duas décadas, veio de um livro de uma antiga funcionária. Feitas com cacete fresco, são mergulhadas numa mistura de leite fervido com canela e limão, e passadas por ovos antes de irem a fritar. Por cima levam um creme de ovos caseiro com uma mistura de sultanas, nozes e pinhões. Hoje em dia são o ex-líbris deste café histórico da cidade.

  • Restaurantes
  • Foz

Durante a época festiva, este jardim à beira-rio plantado volta a servir a sua Rabanada de Natal (3,50€). É uma receita inspirada na rabanada poveira, à qual acresce uma lava de doce caseiro de ovos moles. Está também disponível para encomenda, através do número 22 617 0009. 

Publicidade
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Constituição
  • preço 1 de 4

É bem capaz de já ter passado pelo Café Além Douro e nem ter dado conta. Para a próxima, vá com mais atenção, entre e prove as rabanadas (1,50€), que não são exclusivas desta época  saem todos os dias há mais de 20 anos. Feitas com pão de forma do dia anterior, são demolhadas numa mistura de água, leite, açúcar e canela, e são regadas – só se quiser – com uma calda à base de vinho do Porto, canela, água e açúcar. Pode encomendar por telefone (22 502 1002), se quiser uma grande quantidade.

  • Restaurantes
  • Restaurantes
  • Baixa
  • preço 1 de 4

Servida com uma dose generosa de bacon crocante, chutney de pimentos e xarope de ácer, esta rabanada de brioche (9,50€) é sempre bem-vinda. Para começar o dia com energia, para um almoço original ou para devorar a meio da tarde, quando a fome já aperta. 

Mais para fazer no Natal no Porto

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade