Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right 13 de Maio em Lisboa. Uma peregrinação, uma festa e um festival
Notícias / Vida urbana

13 de Maio em Lisboa. Uma peregrinação, uma festa e um festival

papa francisco

Fado, Futebol e Fátima, a santíssima trindade do Estado Novo, regressam este sábado de forma épica – e, vamos lá ver, desprovida de ideologia: o Papa estará em Fátima a canonizar os pastorinhos, o Benfica pode ser campeão nacional pela quarta vez e Salvador Sobral pode representar o país na final do Festival Eurovisão da Canção.

Haverá dia mais português? Os apoiantes do cantor podem concentrar-se no Roterdão. A discoteca do Cais do Sodré organizou uma festa chamada Os Pastorinhos Vão à Eurovisão no Roterdão, que inclui um jogo de perguntas e respostas só sobre a Eurovisão – e a transmissão do festival, é claro. Mas atenção: Portugal só estará representado se Salvador Sobral passar a meia-final, agendada para esta terça. Ah, e no domingo, se se aguentar, continue os festejos no Cais do Sodré

O Benfica também pode ver adiada a festa do título se não vencer em Guimarães. Mas se por acaso os encarnados garantirem os três pontos há festa rija no Marquês de Pombal. Curiosidade: no dia em que o Papa passa por cá não é (Jorge) Jesus nem o (Nuno) Espírito Santo quem pode ser campeão. O jogo começa às 18.15 e o Café Império é, recordamos, o sítio com o maior ecrã de Lisboa. Dali ao Marquês é um saltinho.

Se gosta de uma boa peregrinação e não conseguiu ir até Fátima, temos uma alternativa: a Original Bandalheira vai em peregrinação até à Fábrica Braço de Prata. Uma fanfarra de world music para fazer dançar sem ter de pagar promessas.

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments