A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

A Time Out desta semana

Por Vera Moura
Publicidade

"Não te deixaremos morrer Bairro Alto". A declaração, em jeito de promessa, é nossa. Foi feita em Novembro de 2013, numa capa da Time Out Lisboa que relembrava aos lisboetas o melhor do bairro mais boémio da cidade. Passaram mais de três anos e o Bairro Alto não morreu. Não morreu, não senhor, que nós percorremos cada uma das suas ruas e batemos a cada uma das suas portas para descobrir quem abria do lado de lá. Entre turistas e lisboetas castiços, cruzámo-nos com mais de 100 restaurantes, outros tantos bares e ainda lojas very typical (e não tão very typical assim). Ele pode acordar estremunhado pela manhã e fazer ronha até às seis da tarde, mas só volta a ir para a cama de madrugada. O Bairro Alto está vivo – e recomenda-se. 

Mas nem só entre a Rua das Gáveas e do Século vive a revista desta semana. Vem aí o 25 de Abril e vale a pena explorar os programas do Abril em Lisboa, que incluem exposições, concertos, speed dating com deputados e a exibição do filme Censura: alguns cortes. Pode ler a entrevista com o realizador Manuel Mozos aqui.

Também vem aí o Verão e as marcas portuguesas de swimwear já decidiram como querem que os alfacinhas desfilem pelos areais e vão a banhos nos meses quentes.

Os The Gift estão de volta com disco novo e produtor badalado: Brian Eno. A entrevista completa a Nuno Gonçalves, um dos líderes da banda de Alcobaça, já está disponível aqui, com vídeos dos dois primeiros singles.

Aproveite ainda as ofertas Dois por Um desta semana.

Truz-truz, está aí alguém?

Últimas notícias

    Publicidade