A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Surfistas na moda: a missão quase impossível

Por Mauro Gonçalves
Publicidade

Com mais uma etapa do campeonato do mundo de surf (Meo Rip Curl Pro Portugal) a arrancar em Peniche, tínhamos de ir à procura dos surfistas mais estilosos do momento. Conclusões? Não adianta, os anos 60 não vão voltar. A época dourada do guarda-roupa tipicamente surfista ficou lá atrás, uma visão cada vez mais distante à medida que os calções em materiais técnicos, os estampados mais desinteressantes de que há memória e os logotipos das marcas do ramo foram dando cabo do glamour em torno da modalidade. Mas será que ninguém se destaca? Encontrámos uma mão cheia de visuais inspiradores no universo absolutamente gigante que é o surf. Não é uma questão de estar na moda, é uma questão de ter um estilo próprio e de não ser mais um surfistinha no areal.

Dane Reynolds

Trinta e um anos e californiano, como manda a tradição. Dane já foi considerado um dos melhores do mundo, mas o estilo meio aprumadinho e o génio criativo têm-lhe valido tanta ou mais projecção do que as habilidades em cima da prancha. Já teve a sua própria linha de t-shirts e acessórios – Summer Teeth –, bem diferente do que andávamos a ver na altura, e no ano passado juntou-se à Vans para desenhar uns ténis muito especiais. Parece que foi o próprio e pegar na caneta e a ilustrar os cães lá de casa.

 

Uma foto publicada por dane reynolds (@sealtooth) a

    

Craig Anderson

Será do cabelo mesmo comprido, dos anéis ou das unhas pintadas? O facto é que há dias (para não dizer todos) em que este sul-africano de 28 anos mais parece uma estrela de rock do que um surfista. Neste caso, o mediatismo tanto vem do surf como do estilo e da personalidade. Volta e meia, protagoniza vídeos e curtas-metragens e, quem o acompanha nas redes sociais, já sabe que a ironia é um dos pratos do dia.

 

Uma foto publicada por • (@craig__anderson) a

Matt Wilkinson

Matt sabe como dar nas vistas nos grandes campeonatos. Por causa disso, o rapaz dos fatos de surf estilizados já deu muito que falar. Vestiu-se com dólares americanos no Quiksilver Pro New York, seios femininos para o Quiksilver Pro France e participou no Rip Curl San Francisco em tie dye integral. Fora da água, o australiano de 28 anos tem feito outros tipos de brilharete. Chamemos-lhes flagrantes da vida boémia.

Danny Fuller

Aos 34 anos, Danny é um bom exemplo do que tem acontecido um pouco por todo o universo surfista: atletas que se tornam modelos, modelos que se tornam artistas. Ao havaiano, aconteceu tudo isto, mas sempre em bom. Em 2012, estreou-se na campanha do perfume Allure Homme Sport, numa altura em que já andava a fazer uma perninha como fotógrafo.

 

Uma foto publicada por @dannyfuller a

Ozzy Wright

Começa logo com o nome. Ozzy adaptou o próprio sobrenome para Wrong e isso a modos que diz tudo. Aos 40 anos, o estilo do surfista australiano não engana: além das ondas, aventura-se também no cinema, na arte e na música. Basta espreitar o Instagram para ter uma amostra. As pranchas que lhe passam pelas mãos são, no mínimo, especiais, talento que já o fez colaborar com a Gorilla.

 

Uma foto publicada por @ozzywrong a

Últimas notícias

    Publicidade