A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Quinta Real da Cartuxa
©DRQuinta Real da Cartuxa

Os melhores passeios em Oeiras

A pé, de barco ou de helicóptero, estes são os melhores passeios em Oeiras.

Escrito por
Editores da Time Out Lisboa
Publicidade

Qualquer passeio deve começar com um plano. Não pode ser só sair de casa à toa e esperar que tudo corra pelo melhor. E se for passear para Oeiras, por exemplo, nós fazemos os planos por si. Há viagens de barco e de helicóptero, mas também a pé – e frequentemente com os olhos no mar. Só tem de juntar a família ou os amigos, vestir roupa e sapatos confortáveis e fazer-se à aventura. Pelo Passeio Marítimo de Oeiras e pela Marina, ou ainda pelo Núcleo Museológico dos Faróis, estes são alguns dos melhores passeios em Oeiras.

Recomendado: Os melhores passeios em Cascais

Os melhores passeios em Oeiras

Lisbon Helicopters
©Arlindo Camacho

Lisbon Helicopters

Quem nunca sonhou percorrer a costa atlântica de helicóptero? Pois estes que vos escrevem já sonharam. A Lisbon Helicopters anda há anos a realizar estes sonhos, seja para puro lazer, seja para transporte de passageiros. Com sede no Passeio Marítimo de Algés, de onde arrancam todos os voos, tem diversas rotas pré-definidas, quase todas elas a acompanhar a linha do mar, logo, com as melhores vistas aéreas de Oeiras. Nota: a rota de Sintra atravessa o interior do concelho e é surpreendente. Além dos tours a Cascais e Estoril, ao Cabo da Roca ou a Belém, estão disponíveis para fazer rotas tailor-made, bastando para isso entrar em contacto com a empresa com alguma antecedência (baptismo de voo a partir de 117€/5 minutos).

Passeio Marítimo de Algés, Torre VTS. 21 301 1794/ 91 722 5995.

Aquastart
©DR

Aquastart

Há 12 anos a operar no mercado, a Aquastart é uma das empresas mais requisitadas para quem quer andar de barco em Oeiras. Com um cardápio de passeios extensíssimo, que vai de uma romântica navegação em veleiro ao pôr-do-sol a passeio de lancha durante quatro horas, no top das escolhas dos clientes está uma viagem de ida e volta ao Bugio, conhecida na casa como Vá Bugiar (30 minutos, 15€/pessoa). Tomadas as devidas restrições em relação à covid-19, ou seja, limitando o número de pessoas a bordo, a Aquastart continua a operar todos os dias, desde que as condições climatéricas permitam. Além das embarcações, tem também bicicletas e e-bicicletas para alugar (a partir de 5€/hora) e, para quem quer explorar o Passeio Marítimo de Oeiras em grande estilo, também há karts a pedais, para uma ou duas pessoas (a partir de 4€/30 minutos). Last but not least, trabalham com um operador de voos de helicópteros, com saída de Algés (a partir de 330€/ 10 minutos de voo).

Estrada Marginal, Marina de Oeiras, loja C14. 21 456 7324. Seg.Dom 10.00-18.00.

Publicidade
Passeio Marítimo de Oeiras
©Manuel Manso

Passeio Marítimo de Oeiras

Num futuro muito próximo, toda a orla marítima de Oeiras terá um passeio litoral. Já falta pouco, promete a autarquia, com dois grandes troços já construídos, a perfazer um total de 5500 metros. Um deles liga Oeiras a Paço de Arcos, o outro estende-se entre o Forte de São Bruno, em Caxias, e a Praia da Cruz Quebrada. Há espaço para bicicletas, postos com actividades desportivas e, claro, muita pista para andar, correr (sprintar) ou qualquer outra modalidade, desde que não incomode os transeuntes.

  • Atracções
  • Oeiras

As marinas em Portugal são, ao contrário do que acontece noutros países, sítios carregados de turistas, com negócios para inglês ver, pratos a preços astronómicos e lojas fechadas porta sim, porta não. A pequena Marina de Oeiras, designação que não pretende ter um carácter carinhoso, mas se justifica pelo facto de ser mesmo pequena, tem muitas destas características, mas é, curiosamente, um sítio bem agradável para passear. Fica logo no arranque do Passeio Marítimo de Oeiras e, quando se passa a parte das lojas, onde é possível alugar bicicletas, marcar passeios de barco e, entre outras coisas, de restaurantes – atenção ao Pure e ao Charkoal – acaba-se numa zona bem sossegada, onde existe um nanofarol com bancos para quem se quer sentar a ver a vista. Em dias de céu pouco nublado, é possível avistar a Ponte 25 de Abril.

Publicidade

Núcleo Museológico dos Faróis

É certo que com a mecanização dos faróis, a romântica profissão de faroleiro (concordamos nisto, certo?) deixou de fazer sentido. Porém, os faróis da costa portuguesa continuam abertos para visita (e valem muito a pena). Ora serve este intróito para falar de um núcleo museológico que conta a história dos vários faróis da costa portuguesa, apresenta a profissão de faroleiro e faz uma viagem pelos materiais e mecanismos usados durante séculos para auxiliar a navegação das embarcações – e evitar ataques piratas (lá está, o romantismo).

Estrada Marginal, Paço de Arcos. Visitas gratuitas e por marcação às quartas das 14.30 às 17.00 e aos domingos, de 15 em 15 dias, das 10.00 às 12.30.

Mais que fazer em Oeiras

  • Coisas para fazer

Nas áreas da inovação, ciência, tecnologia, património, arte e cultura, não faltam pessoas, eventos, espaços e argumentos para Oeiras ser Capital Europeia da Cultura em 2027. Ao estilo de guia da cidade, que tanto a caracteriza, a Time Out reuniu 30 coisas para fazer no concelho que o vão transformar num fervoroso adepto desta candidatura.

  • Compras

Um passeio por Oeiras não fica completo sem uma ida às compras. E, nesse caso, opte pelo comércio tradicional e de bairro que continua a dar cartas no concelho. De farmácias e mercearias a lojas de roupa e cabeleireiros de bairro, descubra os sítios em Oeiras onde é muito tentador abrir a carteira e passar o cartão. Contamos-lhe a história dos negócios locais de Oeiras, e dos seus protagonistas, e provamos que o comércio de bairro continua vivo.

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade