Sete séries passadas no Afeganistão e no Iraque em guerra

A televisão não pára de fazer ficções sobre a intervenção no Médio Oriente após o 11 de Setembro. Eis sete das melhores
Generation Kill (2008)
Generation Kill (2008)
Por Eurico de Barros |
Publicidade

A acção e o drama dominam as séries passadas nos conflitos no Afeganistão e no Iraque, mas há sempre espaço para a comédia.

Recomendado: Dez séries históricas inesquecíveis

Sete séries passadas no Afeganistão e no Iraque em guerra

Camera

‘Over There’ (2005)

Steven Bochco, o criador de séries tão memoráveis como A Balada de Hill Street ou As Teias da Lei, concebeu, juntamente com o argumentista Chris Gerolmo (Mississipi em Chamas), Over There, que se centra numa unidade do Exército dos EUA em missão no Iraque. Mas não se esquece das famílias dos militares que ficaram em casa e dos efeitos secundários da guerra sobre elas. Durou apenas uma temporada.
Camera

‘Unidade Especial’ (2006)

A acção desta série criada pelo dramaturgo e argumentista David Mamet decorre numa unidade de elite anti-terrorista, inspirada pela Força Delta, que tem a sua base no fictício Forte Griffith. Os membros desta unidade, que usam nomes de código, desempenham missões secretas quer nos EUA, quer em zonas como o Iraque e o Afeganistão. Unidade Especial foi emitida entre 2006 e 2009.
Publicidade
Camera

‘Generation Kill' (2008)

Um livro do jornalista americano Evan Wright, que testemunhou a invasão do Iraque, em 2003, integrado numa unidade de reconhecimento dos Marines, está na base desta minissérie da HBO sobre o acontecimento. O desejo de autenticidade dos produtores levou a que vários dos papéis principais fossem desempenhados por soldados, alguns deles da unidade aqui retratada e que Wright, também co-argumentista, integrou.

Camera

‘Occupation’ (2009)

Esta é uma das várias séries inglesas (no caso, da BBC) feitas na Grã-Bretanha sobre a participação de tropas britânicas nos conflitos do Afeganistão e do Iraque. Occupation segue três soldados de Sua Majestade desde que ocuparam Baçorá, no Iraque, em 2003, até 2007. Todos eles voltam depois a Inglaterra, mas acabam por regressar a Baçorá por motivos muito diferentes: um por amor, outro por dinheiro e o terceiro por idealismo
Publicidade
Camera

‘Combat Hospital’ (2011)

Com produção canadiana, Combat Hospital é um drama sobre o trabalho dos médicos e enfermeiras dos países aliados dos EUA, e dos próprios EUA, num hospital militar de Kandahar, no Afeganistão. Um dos criadores da série esteve no Afeganistão durante algum tempo, a viver o quotidiano de uma unidade hospitalar como a de Combat Hospital, para que esta tivesse o máximo de realismo.
Camera

‘Bluestone 42’ (2013)

Também há séries de comédia ambientadas nos países árabes onde o Ocidente interveio militarmente  depois do 11 de SetembroÉ o caso de Bluestone 42, da BBC, passada no seio da unidade homónima do exército inglês especializada em minas e armadilhas, e instalada no Afeganistão. Os soldados, homens e mulheres, têm que lidar não só com os perigos do dia-a-dia, como também com a burocracia militar e as enormes diferenças culturais.
Publicidade
Camera

‘Our Girl’ (2014)

Mais uma série inglesa com chancela da BBC, Our Girl tem como heroína Molly Dawes, uma rapariga de uma família modesta de Londres que decide alistar-se no exército, especializando-se como técnica médica de combate. Na primeira das três temporadas de Our Girl, Molly vai cumprir uma comissão em Helmand, no Afeganistão, onde encontra um ex-namorado que também decidiu seguir a carreira militar.

Perca-se no pequeno ecrã

big little lies
©DR
Filmes

As melhores séries de 2017

São cada vez mais os nomes grandes de Hollywood, entre actores e realizadores, a aventurarem-se no pequeno ecrã (ou nos vários ecrãs). Uma consequência do crescente investimento dos canais nas suas produções. Em 2017 estrearam-se séries como há muito não acontecia e estas dez foram as melhores que vimos. 

Filmes

As séries mais aguardadas de 2018

O ano novo traz consigo novas séries, como Mosaic ou 1986. Bem como novas temporadas de séries que já foram mais novas, de The X Files: Ficheiros Secretos a Segurança Nacional (Homeland, no original) passando por Jessica Jones. Eis as oito estreias mais aguardadas dos primeiros meses de 2018.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com