Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Alentejo Màrmoris Hotel & Spa: coração de mármore

Alentejo Màrmoris Hotel & Spa: coração de mármore

Pode um hotel a reluzir de tanto mármore ser um recanto de conforto e luxo? Descobrimos que sim em Vila Viçosa.

Publicidade
Alentejo Màrmoris Hotel & Spa

Quem vê de fora não imagina o que esconde o seu interior. A sobriedade do Alentejo Màrmoris Hotel & Spa, o antigo lagar da Cooperativa dos Olivicultores de Vila Viçosa, é um contraste absoluto daquilo que encontramos para lá das portas: uma ode ao mármore, em tons brancos e pretos com apontamentos dourados aqui e ali. Mas nem por isso o ambiente é frio, desde logo porque somos recebidos de tal forma que nos sentimos imediatamente aconchegados.

E começa logo no check-in, onde nem precisamos de perder tempo. Tudo o que temos de fazer é escolher a bebida de boas-vindas que nos vai acompanhar para a sala comum onde virão depois ter connosco com o quarto já atribuído. Se dúvidas existissem, o tom fica estabelecido: a atenção e o conforto do hóspede são a prioridade deste hotel que não parece ter 44 quartos, espalhados por três pisos, tal é a tranquilidade e o sentimento de exclusividade – mesmo num fim-de-semana cheio de famílias e crianças desejosas de mergulharem na piscina interior aquecida (mas lá chegaremos). Não é por acaso que o Alentejo Màrmoris Hotel & Spa, de portas abertas desde 2013, entrou para a reputada lista dos Small Luxury Hotels of the World. 

 Alentejo Màrmoris Hotel & Spa
Francisco Duarte Mendes

Não é por acaso que o Alentejo Màrmoris Hotel & Spa, de portas abertas desde 2013, entrou para a reputada lista dos Small Luxury Hotels of the World.

O luxo mora aqui, mesmo que às vezes possa estar disfarçado, como acontece nos quartos, espaçosos, confortáveis (com camas gigantes) e sem excentricidades, muitos deles com varanda para o jardim e piscina. A maior excentricidade (sem contar com a enorme e surpreendente Suite Árabe) talvez seja a televisão que se esconde no espelho. Foi, aliás, esse o único aviso que nos deram antes de entrar no quarto: “Se a televisão não ligar quando activar o cartão, só tem de apontar o comando para o espelho”. Assim o fizemos, mas não por muito tempo para podermos aproveitar tudo o que o hotel tem para nos dar.

Alentejo Màrmoris Hotel & Spa
Francisco Duarte Mendes

Depois de uma área comum que reluz por todo o lado, seria de esperar que nos quartos não faltasse também o mármore, mas isso não acontece. A decoração é simples e tradicional, sendo as estrelas dos quartos as casas de banho. Em tantos quartos não há uma igual: cada qual com a sua combinação e peça esculpida... em mármore (claro). As banheiras pedem banhos prolongados com as sempre maravilhosas amenities da Castelbel – e para os mais pequenos há um conjunto de produtos da Mustela.

Publicidade
Alentejo Màrmoris Hotel & Spa
DR

À primeira vista pode não parecer mas este é um hotel muito familiar, onde a tranquilidade só é interrompida de quando a quando pelas gargalhadas dos miúdos que se divertem na piscina, aberta de Verão e coberta e aquecida nos meses frios. A entrada faz-se pelo Stone Spa, que tem como particularidade estar inserido numa pedreira natural. Ou seja, aquando da construção do hotel, o spa, no piso -1, foi escavado na pedra. Há, por exemplo, dois tanques de hidromassagem com vista para a pedra como ela é, um hammam e vários tratamentos que têm no mármore um instrumento de relaxamento. Mas onde os gaiatos são reis é no majestoso pequeno-almoço, que é servido no espaço do restaurante Narcissus Fernandesii onde tem de jantar pelo menos uma vez (ora leia na caixa). Para eles há uma zona especial, onde não faltam chocolates, bolachas, cereais iogurtes de diferentes variedades, sumos e tudo aquilo que habitualmente lhes tiramos da vista e ainda pequenas caixas de lápis de cor e desenhos para colorir. Tudo para que possa apreciar do buffet sem pressas. Pode fazer isso ou deixá-los na sala dos brinquedos, uma espécie de Kid’s Club, com vários jogos e passatempos e até um pequeno trampolim. 

 Alentejo Màrmoris Hotel & Spa
DR
Hotéis

Alentejo Màrmoris Hotel & Spa

Como chegar:
De Lisboa, são cerca de 190 km, a maioria dos quais em auto- -estrada (A2, direcção Sul, e A6, direcção Borba/Alandroal). Seguir em direcção a Estremoz e sair para Vila Viçosa.

Preços:
Quartos a partir dos 150€

GPS

Para comer

No Narcissus Fernandesii, o chef Pedro Mendes reinventa pratos tipicamente alentejanos numa versão fine dining. Pode optar por pratos da carta, mas recomendamos que se deixe surpreender com os menus de degustação. Há dois: o Alentejano, composto por seis pratos (50€), e o Narcissus, mais internacional e composto por oito pratos (60€). O wine pairing começa nos 25€. Vale a pena, no entanto, pedir a carta de vinhos, quanto mais não seja para se admirar com o seu peso – sim, também tem mármore. Se se ficou a questionar sobre o nome do restaurante, fique a saber que é uma planta que só cresce em pedreiras de mármore. Se procura algo mais tradicional, reserve mesa no Safari (Largo Mariano Prezado. Ter-Dom 12.30-15.00, 19.30-00.00) e peça a deliciosa sopa de tomate (8€) servida num tacho de barro e com tudo a que tem direito. Mas um aviso: vá com tempo que por aqui não há pressas no serviço.

Para fazer

Além de aproveitar a piscina e o spa, vale a pena passear a pé por Vila Viçosa, terra de Florbela Espanca, cuja casa pode conhecer por fora. Não deixe de visitar o Paço Ducal, que foi a sede da Casa de Bragança durante séculos, e o Castelo. Se ainda não estiver cansado de ver pedras, aventure-se na Pedreira D’el Rey ou no Museu de Mármore Raquel de Castro.

Outras escapadinhas

Publicidade
Dá Licença
Francisco Nogueira
Hotéis

Dá Licença: o maior elogio à arte e à natureza

O Dá Licença, antes de ser o sítio magnífico que é, era para ser só uma casa de férias de Victor Borges e Frank Laigneau, que procuravam um pequeno refúgio no campo para onde pudessem fugir quando a vida em Paris se tornasse demasiado frenética. Fica entre Estremoz e Evoramonte e é um paraíso de oito quartos com uma colecção inimaginável de arte e artesanato.

Publicidade