A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Diário de uma Miúda Como Tu
Diário de uma Miúda Como Tu, de Maria Inês Almeida (texto) e Catarina Bakker e Manel Cruz (ilustrações)

Esta miúda não pára de crescer. Vem aí mais um Diário de uma Miúda como Tu

A Francisca já tem 11 anos, mas desde os 9 e ¾ que protagoniza a popular colecção Diário de uma Miúda como Tu. O próximo volume sai já no dia 7 de Novembro.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

“Um dia, o meu filho – na altura, tinha sete anos, agora tem 14 – virou-se para mim e disse: ‘Oh, mãe, já reparaste que já escreveste tantos livros e nenhum dos personagens se chama José?’” Foi por isso que, anos mais tarde, já Maria Inês Almeida tinha uma série literária protagonizada por um José, criou uma homónima da filha mais nova, conta ao telefone a autora de mais de 65 títulos para crianças e jovens, incluindo o popular Diário de uma Miúda como Tu. No primeiro livro, publicado em 2019 pela Nuvem de Letras, Francisca era uma miúda de 9 anos e ¾, com vontade de salvar o ambiente e comer gomas ao jantar. Agora tem 11, muito sucesso entre pré-adolescentes e uma nova aventura a chegar às bancas. Lançado a 7 de Novembro, Diário de uma Miúda como Tu: Casa do Pai, Casa da Mãe é o 10.º volume da colecção.

“Sempre gostei muito de ouvir as histórias que os outros tinham para contar e lembro-me de dizer que, quando fosse grande, queria ser jornalista”, confessa Maria Inês, que se formou em Jornalismo na Universidade Católica Portuguesa e chegou a trabalhar na área durante vários anos. “Ainda enquanto jornalista, co-escrevi Os Meus 30 Anos com Amália, que relata as vivências e intimidades de Estrela Carvas com Amália Rodrigues. E, no seguimento desse trabalho, graças ao qual tinha imenso material, desafiaram-me a escrever Chamo-me… Amália, uma biografia da fadista [editada pela Didáctica Editora] para crianças.” Foi assim que, em 2009, entrou no mundo da literatura infanto-juvenil. Dez anos depois, lançou o seu maior sucesso. O primeiro livro já vai na 6.ª edição e a colecção deverá acompanhar o crescimento da personagem principal pelo menos até à adolescência.

Ilustrada nos primeiros dois volumes por Catarina Bakker e a partir daí por Manel Cruz, Francisca é uma miúda como tantas outras, cheia de interesses, sortes e desaires. E, claro, a narradora da sua própria história, que começa a escrever à mão num diário que uma tia-avó lhe deu há já não sabe quanto tempo. “Queria muito que fosse um diário, porque o formato tem essa capacidade de nos aproximar da leitura. Ela começa com nove anos, na recta final do 4.º ano, e agora já está no 6.º. A ideia é ir acompanhando também o crescimento de quem lê e os assuntos ‘do dia’, que invariavelmente vão mudando de ano para ano”, conta a autora. “O grande tema é o meio ambiente, porque ela tem um canal de Youtube, que se chama Planeta Francisca, onde fala das várias questões que a preocupam com particular sentido de humor, mas também se abordam as mudanças do corpo, as relações familiares, as amizades, e até as paixonetas.”

O próximo volume debruça-se sobre uma questão mais difícil para as crianças: o divórcio dos pais, cujas discussões recorrentes foram abordadas no livro anterior, Diário de uma Miúda como Tu: A sério?!. Mas Maria Inês lembra-nos, por um lado, como “há sempre um lado bom nas coisas” e, por outro, que ainda há muito para contar. A colecção também está a ser publicada no Brasil, como Diário de uma Garota como Você, e já foram vendidos direitos para o México.

Entretanto, a autora de Mãe, ainda não posso ir dormir…, editado este Verão também pela Nuvem de Letras, e das colecções Simão, o Pequeno Leão e Duarte e Marta não pára de escrever e tem uma outra novidade a passar na televisão. Escrito em co-autoria com a brasileira Flávia Lins, autora dos sucessos Detectives do Prédio Azul e Diário de Pilar, a série Panda e os Super Vets estreou no dia 24 de Outubro, no Canal Panda, e é protagonizada por Mariana Costa e Salvador Pires. “São episódios de cinco minutos, que seguem dois irmãos, a Beatriz e o Guilherme, que fazem voluntariado no Badoca Safari Park e descobrem penas mágicas, que os ajudam a descobrir que animais é que precisam de primeiros socorros”, revela Maria Inês, antes de nos convidar a marcar o programa na agenda. Há novos episódios todas as segundas e repetições durante a semana.

Diário de uma miúda como tu: Casa do pai, casa da mãe, de Maria Inês Almeida e Manel Cruz. Nuvem de Letras. 152 pp. 11,95€

Recomendado: Livros infantis que educam para a diversidade

AS PERSONAGENS DE MARIA INÊS ALMEIDA

Francisca
Diário de uma Miúda como Tu, de Maria Inês Almeida e Manel Cruz

Francisca

Quem não sabe quem é, anda a dormir debaixo de uma pedra. Mas, se tudo correr bem, um dia destes ainda a vemos saltar das páginas para a televisão. “As leitoras já me perguntaram se a Francisca não podia dar uma série ou mesmo um canal de Youtube.”

José
José vai ao médico, de Maria Inês Almeida

José

Era uma vez um menino que não gostava de nada, nadinha mesmo. Até aprender a gostar. “Foi uma maneira de explorar situações com as quais todas as crianças acabam por se confrontar, como ter de comer a sopa ou ir ao médico, e tornar tudo mais divertido.”

Publicidade
Simão, o Pequeno Leão
Simão, o Pequeno Leão, de Maria Inês Almeida

Simão, o Pequeno Leão

É o leãozinho mais simpático da Vila Meiga, está a crescer e adora grandes aventuras. “Foi uma ideia da Susana Paiva, da Booksmile [na altura da 20|20], que me desafiou a fazer uma colecção com animais para o pré-escolar.” Além das histórias para as crianças, os livros incluem uma secção para pais e educadores escrita pelo pediatra Hugo Rodrigues.

Duarte e Marta
Duarte e Marta, de Maria Inês Almeida e Joaquim Vieira

Duarte e Marta

São amigos, andam na mesma escola e adoram meter-se em aventuras. “Eles tinham sempre um mistério para desvendar”, recorda Maria Inês. “A colecção [escrita em co-autoria com Joaquim Vieira] chegou a sair como oferta do Happy Meal, do McDonald’s, no âmbito do programa Happy Readers.”

Publicidade
Matilde e o cão Chouriço
Com Pensos Tudo Passa, de Maria Inês Almeida, Flávia Lins e Silva e David Pintor

Matilde e o cão Chouriço

São os protagonistas de O Mistério da Meia Mal Cheirosa e Com Pensos Tudo Passa, e foram criados com a brasileira Flávia Lins, que Maria Inês Almeida conheceu por recomendação do pediatra da sua filha. “Ele também é pediatra da filha dela e estava sempre a dizer que nos devíamos conhecer.”

Sugestões de livros para os mais novos

Publicidade
Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade