A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia

  • Museus
  • Belém
  1. MAAT
    Fotografia: Arlindo Camacho
  2. Maat open day
    ©DR
  3. MAAT
    Fotografia: Arlindo Camacho
Publicidade

A Time Out diz

Um projecto da Fundação EDP, o Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia já está mais do que consagrado nas iniciais maat. As suas formas arquitectónicas marcaram o ano de 2016 na cidade, justificando frutíferas romarias à zona de Belém. Afinal, mais que não fosse, aquela estrutura assinada pela britânica Amanda Levete e o pôr-do-sol em fundo ficam mesmo a matar numa foto para partilhar nas redes. Claro que a visita não deve terminar aqui, recomendando-se que consulte as exposições programadas na agenda.

Detalhes

Endereço
Central Tejo
Avenida de Brasília
Lisboa
1300-598
Transporte
BUS 714, 727, 751. Eléctrico 15
Preço
9€ (6€ para jovens, estudantes e seniores)
Horário
Qua-Seg 10.00-19.00

Novidades

EXIST/RESIST

“EXIST/RESIST” de Didier Fiúza Faustino, experimentalista franco-português, é uma das novas exposições do maat – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia. Instalações, filmes, esculturas, projectos editoriais ou de arquitectura são algumas das peças que fazem parte desta exposição que atravessa a carreira de Didier, desde 1995 até hoje. Com curadoria de Pelin Tan, “EXIST/RESIST” divide-se em duas salas: a Galeria Oval e uma sala mais pequena, a poucos passos de distância. A primeira é dedicada a obras mais antigas e empréstimos de colecções nacionais e internacionais, e a segunda a instalações inéditas e peças reeditadas. 

Prémio Novos Artistas Fundação EDP 2022

Depois de 700 candidaturas, Luísa Santos, Luís Silva e Sara Antónia Matos, jurados e responsáveis pela curadoria, seleccionaram seis artistas que agora apresentam as suas obras na exposição “Prémio Novos Artistas Fundação EDP 2022”. Adriana Proganó, Andreia Santana, Bruno Zhu, Maria Trabulo, René Tavares e Rita Ferreira são os finalistas desta 14º edição. A exposição é composta por seis projectos independentes sobre temas como a preservação do legado cultural, as tácticas de sedução e protecção femininas ou as diferentes interpretações da História. “Todos os projectos são inéditos, mas surgem na continuidade de trabalhos que [os finalistas] têm vindo a desenvolver”, apresenta Sara Antónia Matos. 

Olho – Faísca

Com curadoria de João Mourão e Luís Silva, o maat apresenta a primeira exposição monográfica do artista brasileiro Jonathas de Andrade em Portugal: um núcleo de peças que percorre toda a carreira do artista, envolvendo meios como a fotografia, o vídeo, a escultura e a instalação, que permite ao público conhecer uma das mais idiossincráticas e interessantes obras artísticas contemporâneas.

Vão

As esculturas mais recentes de Pollyanna Freire, peças de chão que vão ser apresentadas pela primeira vez, resultam de um minucioso processo evolutivo das formas iniciais do seu trabalho. Selecionada em 2015 para o Prémio Novos Artistas Fundação EDP, a artista brasileira, residente em Portugal, explorou de modo lúdico a geometria linear e a interseção de pequenos volumes e planos.

Publicidade
Também poderá gostar