A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Museu Colecção Berardo

  • Museus
  • Belém
  1. Actividades para crianças no Museu Berado
    ©Museu BerardoMuseu Colecção Berardo
  2. Visualidade e Visão
    Fotografia: Ana Luzia
Publicidade

A Time Out diz

A colecção Berardo é uma viagem pelos principais movimentos artísticos dos séculos XX e XXI inicia-se com "Tête de Femme", uma pintura cubista de Pablo Picasso. Estende-se por cerca de 1000 obras de mais de 500 artistas com Marcel Duchamp, Piet Mondrian, Francis Bacon, Andy Warhol, Sol LeWitt, Fernando Botero, Andreas Gursky entre muitos outros.

Detalhes

Endereço
Praça do Império
Lisboa
1449-003
Transporte
BUS 714, 727, 728, 729, 751. Eléctrico 15
Preço
5€
Horário
Seg-Dom 10.00-19.00

Novidades

Gérard Fromanger. O esplendor

"Para o Gérard, as cores são pessoas. Com a mesma diversidade, com personalidade, com a mesma luz". As palavras de Éric Corne fornecem o indispensável par de lentes necessário para percorrer a exposição "Gérard Fromanger. O Esplendor", no Museu Coleção Berardo, a primeira do pintor francês em Portugal e a primeira retrospectiva desde a sua morte, em Junho do ano passado. Amigo e curador, enaltece o autor que reflectiu sobre política e sociedade, que olhou para as ruas de Paris como observatório das vivências ocidentais do século XX. São mais de 60 quadros, organizados em 26 séries. Em cerca de seis décadas de criação, que irrompe no clima quente dos movimentos sociais e políticos da década de 60, Fromanger debruçou-se sobre a actualidade, sem reservas ou tabus. A pintura, arma assumida e cujo papel foi questionando ao longo dos anos, foi o suporte que manteve até ao fim, muitas vezes em combinação técnica com a fotografia, mestre de um figurativismo distorcido do realismo social.

Abstracto, Branco, Tóxico e Volátil

  • Exposições

Um ano após a morte do artista plástico, o museu lisboeta mostra 121 obras de um dos mais internacionais nomes da arte portuguesa. "Abstracto, Branco, Tóxico e Volátil" inclui fotografias, pinturas, esculturas, instalações e até filmes em Super 8 do artista que representou Portugal na Bienal de Arte de Veneza em 1997. Julião Sarmento ainda participou no processo de construção da exposição que ocupa 18 salas do Museu Colecção Berardo. 

Publicidade
Também poderá gostar