Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right A cidade tem uma nova Sala
Notícias / Bebida

A cidade tem uma nova Sala

Sala, São Bento
Duarte Drago

O novo bar de São Bento tem cocktails, petiscos algarvios e muitas actividades para o fazer sair da sua própria sala e sentar-se noutra. 

Há salvação para quem já não encontra o seu lugar na noite alfacinha. N’A Sala, o novo bar/ petiscaria de São Bento, cabem todos os que não se querem enfiar na confusão do Cais do Sodré ou que já não têm grande andamento para discotecas.

Em frente à Assembleia, é a nova sala de estar da cidade e leva o nome à letra. Aqui tanto pode passar a tarde a trabalhar, como a ouvir música, a beber um copo com amigos, a ler um livro ou a jogar jogos de tabuleiro – tal e qual como se estivesse em casa.

“Gostávamos de ter um sítio onde pudéssemos estar com os nossos amigos, beber um copo longe dos sítios cheios de gente do Bairro Alto ou do Cais do Sodré, uma coisa mais calminha”, conta Daniela, uma das quatro sócias d’A Sala. “Não havia muita coisa aqui para estes lados e fomos fermentando esta ideia [de abrir um bar], com a intenção também de trazer produtos algarvios.”

Duarte Drago

Daniela, Selma, Joseph e Vasco são os quatro responsáveis pela Sala, que abriu portas no fim de Novembro no espaço de uma antiga marcenaria e que agora começa a ter uma programação regular. Além de brunches, almoços e jantares, também acolhe eventos como lançamentos de livros e promove noites de cinema, de jogos, de vinil ou workshops.

Esta semana, por exemplo, foi exibido o filme de animação Sita Sings The Blues, de Nina Paley, “que mistura a história tradicional hindu com a vida de uma cantora de jazz”, resume Selma. Também houve uma noite de jogos, desta vez a fugir aos jogos tabuleiro e concentrada na Super Nintendo disponível no espaço. No sábado à tarde, é pôr mãos à obra com o workshop de brinquedos ópticos (20€ com lanche incluído) para construir cinemas em miniatura.

Duarte Drago

A ementa do espaço foca-se nos produtos algarvios – de onde Daniela e Selma são – e nem os cocktails escapam. Como o Medronho Sour (7€), um dos ex-líbris da casa, ou o Diospiro Sour, que surge de vez em quando nos cocktails especiais do dia. Na lista está também a Paloma (7€), com toranja e sal, o Cão d’Água (7€), com gin, uma versão da casa do Salty Dog, ou a Mula Russa (6€), a versão do Moscow Mule.

Também há gin algarvio (o Sul), cerveja artesanal do Algarve (a Marafada e a Moura, a 4,5€), licores e aguardentes e muitos petiscos difíceis de encontrar por estas bandas, como os queijos e enchidos da Serra do Caldeirão (6€), a muxama (8€), a estupeta de atum (5,5€) ou a batata doce com queijo de cabra gratinado (5€).

Todos os dias há uma happy-hour com uma promoção diferente entre as 17.30 e as 19.30 e com a chegada dos dias mais quentes o pequeno pátio das traseiras vai tornar-se ainda mais apetecível.

Rua Correia Garção, 11 (São Bento). Seg-Qui 11.00- 23.00, Sex-Sáb 11.00-01.00, Dom 11.00-18.00

+ Os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments