A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

A colecção de Francis Cook mostra-se no Palácio de Monserrate

Por Maria Ramos Silva
Publicidade

A Colecção Cook em Portugal revela peças da colecção do antigo dono da quinta de Monserrate. Para ver até 31 de Maio, em Sintra.

Exposição Monserrate Revisitado, Sir Francis Cook

Não é novidade que Sintra sempre exerceu enorme fascínio sobre ilustres forasteiros. Industrial britânico, coleccionador de arte e mecenas, Sir Francis Cook (1817 – 1901) é um desses exemplos. Foi em 1856 que comprou a quinta de Monserrate, renovando o palacete anteriormente habitado pelo escritor William Beckford. Em dois tempos, as salas encheram-se de preciosas obras, da pintura à escultura, sem esquecer o mobiliário, a cerâmica, a porcelana oriental, os têxteis ou a ourivesaria. 

É este acervo que, desde 1 de Dezembro e até 31 de Maio de 2018, dá corpo à exposição Monserrate Revisitado – A Colecção Cook em Portugal, no ano em que se celebram os 200 anos do nascimento de Cook e uma forma de sublinhar a dimensão cultural do seu dono. 

Destaque para o trabalho de pesquisa, "exaustiva", confirma a Parques de Sintra, não tivesse o conjunto da obra sofrido abalos com o tempo. Dispersa em 1946, povoou entretanto diferentes acervos, públicos e privados, que se associaram a este projecto de reunião sob o mesmo tecto, onde a história começou. 

No total, são mais de 50 peças dispostas nas salas agora restauradas (razão para apreciar também os estuques decorativos). Um dos motivos de interesse é um relevo renascentista da autoria do escultor florentino Gregorio di Lorenzo, recentemente adquirido pela Parques de Sintra, e que regressa ao Palácio para integrar a futura coleção museológica de Monserrate.

Exposição Monserrate Revisitado, Sir Francis Cook

O acesso à exposição efectua-se mediante aquisição de bilhete para o Parque e Palácio de Monserrate, todos os dias das 10.00 às 18.00.

+ 30 coisas para fazer em Sintra

Últimas notícias

    Publicidade