A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Toca da Raposa – comida de rua japonesa
DR Yakisoba de camarão

A comida de rua japonesa tem agora um cantinho na Toca da Raposa

Constança Cordeiro resolveu dar azo à imaginação e serve comida de rua japonesa para acompanhar com cocktails. Não estranhe se lhe chegar à mesa uma waffle de mexilhão.

Por Sebastião Almeida
Publicidade

Quando Constança Cordeiro nos fez o convite para visitar a sua Toca da Raposa a curiosidade aguçou-se. O que teria debaixo da manga desta vez a barista responsável por um dos bares mais criativos da cidade? Comida de rua japonesa e, para acompanhar, os seus já afamados cocktails, disse-nos prontamente.

Depois de um longo interregno provocado pela pandemia, Constança quis trazer algo de novo à Toca: servir comida pareceu-lhe ser o caminho mais desafiante. Começou por explorar o receituário nacional, tentando adaptá-lo a uma visão mais contemporânea. “Mas não estava a resultar. Não estava entusiasmada e era mais do mesmo”, diz no dia em que a Time Out visita a ex-tipografia transformada em bar na Rua da Condessa, em Lisboa.

E como se passa de ler O Livro de Pantagruel de fio a pavio num mês e no outro estar a idealizar um menu de comida de rua japonesa em que nos chegam à mesa ostras fritas (6€) com molho de chipotle e ponzu ou uma waffle de mexilhão? Talvez fruto de estar aborrecida com o que estava a fazer e de não se identificar com o que iria servir num espaço que denota em todos os pormenores a sua personalidade. “Adoro o Japão e a sua extravagância, é uma cultura que admiro e este bar podia ser no Japão”.

Toca da Raposa – comida de rua japonesa
DROstras fritas

Em Lisboa, defende, há muita comida japonesa, mas nada que recrie o universo das iguarias de rua nipónicas. Uma viagem ao país há uns anos deu azo a que o menu, totalmente criado por Constança e o namorado e agora executado por Ronaldo, quem faz a a preparação na pequena cozinha, oferecesse um “choque de sabores” a quem visita o bar. Os snacks japoneses (3€), comprados no Martim Moniz, abrem o apetite para criações mais arrojadas. É o caso do mini hot dog (3€) que junta corações de frango e pão brioche com um molho doce.

Aqui “não há confecções elaboradas”. Passado um mês de ter reaberto portas, este tem-se revelado quase uma prova de superação. “Não achava que fosse capaz”, mas tudo está em marcha. A waffle com mexilhão e molho xo (7€), feito com marisco seco, revela a mente inquieta e inovadora de Constança. O que era para ser um dorayaki transformou-se rapidamente numa waffle. Preparar o bolo japonês demorava muito tempo.

Toca da Raposa – comida de rua japonesa
DRSnacks japoneses

O yakisoba de camarão em pão brioche (9€), confeccionado por Miyuki Kano, que passou pelo Kanazawa de Paulo Morais, é, digamos, a maior atracção. Este prato com massa frita é envolto em camarão e depois acomodado no pão com uma maionese de alho e gengibre. “Não há marinadas nem nada complexo, é juntar e o ver o que dá”, resume. Para terminar, e só para dar um gostinho, há o momento saltitante, uma satirização dos momentos gastronómicos nos restaurantes de fine dining, que consiste numa goma de meloa com petazetas que nos deixam a língua a estalar.

No final, os pratos que chegam à mesa, envoltos em papel de prata para comer com as mãos, são tudo o que se esperaria de um sítio como a Toca da Raposa. Cocktails e comida japonesa – porque não?

Rua da Condessa, 45 (Baixa-Chiado) Qui-Seg 18.00-01-.00.

+ Leia a nova Time Out Portugal desta semana

+ Os melhores restaurantes japoneses em Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade