Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right A Fortaleza do Guincho tem um novo Spot ao ar livre
Spot By Fortaleza do Guincho
Manuel Manso

A Fortaleza do Guincho tem um novo Spot ao ar livre

O clássico da alta-cozinha portuguesa abriu uma nova zona de esplanada. Comida descomplicada e para partilhar é o que pode esperar quem a visitar.

Publicidade

À entrada, um empregado cordial, à antiga, aproxima-se e interpela-nos: “Posso sugerir que fiquem naquela mesa voltada para o mar?” Apesar do vento, que costuma trazer os areais até à estrada, a aspereza do Guincho não se faz sentir neste recanto e a brisa que chega do mar faz esquecer o calor tórrido de Lisboa. O que era antes uma zona de solário, é agora o novo espaço de esplanada da Fortaleza do Guincho. É aqui, no Spot, com vista-mar privilegiada, que Gil Fernandes, chef do icónico restaurante desde 2018, quer servir uma cozinha menos formal, mas sem nunca prescindir da qualidade do produto. A carta é ecléctica, com comida de partilha, e ideal para um longo dia a contemplar as vistas do mar revolto do Guincho.

Fortaleza do Guincho Spot

 

O ceviche com peixe da lotaManuel Manso

 

Aqui, sublinha o chef de 30 anos, depois de nos dar a provar alguns pratos da carta, “nada tem que ver com o rigor e formalismo do restaurante”. O produto, esse, é de igual qualidade, mas apresentado de uma forma menos complicada. Da antiga carta de bar, ficou a salada de polvo com batata doce (16€). De resto, tudo foi pensado de raiz. Há petiscos, sopas, saladas, sanduíches e pratos principais. Nesta visita, ficámo-nos pelos petiscos – uma decisão do chef que se veio a revelar acertada. O gaspacho alentejano (8€) mistura o doce do tomate com a acidez do caldo que é vertido quando chega à mesa. O ceviche de peixe da lota (16€), nesta ocasião de anchova, regado com um piso de ervas aromáticas, foi o segundo petisco a chegar à mesa. Os míscaros (espécie de cogumelos) com ovos e o xerém de toucinho, berbigão à Bulhão Pato (16€), e o bacalhau à Guincho (16€), com mexilhão, cachaço de porco preto e funcho do mar foram as outras sugestões dadas a conhecer. Todas elas em quantidades generosas, ideias para dividir.

Fortaleza do Guincho Spot

 

O gaspacho alentejanoManuel Manso

 

Numa altura em que a incerteza reina no sector, “foi o momento certo” para lançar este conceito, defende Gil Fernandes. O Spot é um sítio que quer receber os que vêm de fora e que pretende desprender-se da ideia de que a Fortaleza do Guincho é apenas para os muito endinheirados ou para os que querem comer uma refeição Michelin. Para os gastrónomos ávidos e curiosos, o restaurante reabre a 14 de Julho com uma carta renovada. Com a abertura do espaço de esplanada, o foco, tal como antes, está nos locais, que estão convidados a subirem à esplanada apenas para um copo ou cocktail, para petiscar ou para fazer uma refeição.

Fortaleza do Guincho Spot

 

O xerém de toucinhoManuel Manso

 

Além dos petiscos, há pratos principais como o clássico esparguete de lavagante (36€) que foi adaptado, ou um prego no pão (20€) com cebola caramelizada, tomate, queijo e um molho especial. Nas sobremesas, o pêssego assado com creme de baunilha e rum (8,50€), o bolo de chocolate com espuma de caramelo e gelado de amendoim (8,50€) e a tarte de amêndoa e framboesa com gelado de estragão (8,50€) rematam na perfeição uma petiscada depois de um dia de praia ou uma refeição intensiva com um pouco de tudo. Para os dias de menos calor convém referir que a antecâmara do restaurante está aberta e que pode desfrutar de toda a carta no interior.

Estrada do Guincho 2750-642 (Cascais). 21 4870 491. Seg-Dom, 11.00-23.00. 

As melhores esplanadas em Lisboa

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade