A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

"A Guerra dos Tronos" regressa triunfante aos Emmys de "The Marvelous Mrs. Maisel"

Escrito por
Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

Depois de ter estado ausente da cerimónia do ano passado por se ter estreado mais tarde do que é habitual, A Guerra dos Tronos regressou aos Emmys e levou para casa o prémio mais cobiçado da noite: melhor série dramática. Do lado da comédia, The Marvelous Mrs. Maisel foi o grande destaque ao conquistar cinco estatuetas.

No ano em que a festa começou com uma ode à diversidade, os prémios foram, na verdade, bem distribuídos com a Netflix e a HBO a empatarem na soma final: as duas produtoras venceram 23 Emmys cada.

O destaque vai para a série fenómeno da HBO, adaptada dos livros de fantasia de George R.R. Martin, que valeu ainda a Peter Dinklage (Tyrion Lannister) o prémio de Melhor Actor Secundário numa Série Dramática. Dinklage estava nomeado pela sétima vez e já tinha conquistado esta distinção em 2011 e 2015, sempre com o mesmo papel. No total, contando com as categorias técnicas, A Guerra dos Tronos conquistou nove estatuetas. Logo atrás ficou o programa de variedades Saturday Night Live com oito prémios, seguido então de The Marvelous Mrs Maisel, que além de Melhor Série de Comédia deu à sua protagonista, Rachel Brosnaha, o Emmy de melhor actriz, e a Alex Borstein o Emmy de melhor actriz secundária. A série venceu ainda nas categorias de argumento e realização num ano em que Veep ficou de fora por não ser elegível, à semelhança do que aconteceu no ano passado com A Guerra dos Tronos.

Outro dos grandes destaques da noite foi para American Crime Story: O Assassinato de Versace. Quando foram anunciadas as nomeações percebeu-se que a série que recria o assassinato de Gianni Versace em 1997 tinha caído nas boas graças, o que acabou por se confirmar na noite de segunda-feira. American Crime Story: O Assassinato de Versace arrecadou sete Emmys, incluindo o de Melhor Série Limitada. Darren Criss, que interpretou Andrew Cunanan, o homem que matou o designer de moda, foi considerado o melhor actor e Ryan Murphy levou para casa o prémio de melhor realização pelo episódio piloto.

Voltando às categorias nas séries dramáticas, Claire Foy conquistou o Emmy de melhor actriz pelo seu retrato da rainha de Inglaterra. Era a última oportunidade para a actriz britânica, que já não veremos na terceira temporada – com o passar dos anos na história, a Netflix procura outros protagonistas. “Eu dedico este prémio ao próximo elenco, à próxima geração. Dedico também ao Matt Smith [co-protagonista na série]”, disse a actriz, que deixou para trás Elisabeth Moss, Sandra Oh e Keri Russell, que muitos achavam que poderia ganhar pela sua Elizabeth Jennings na última temporada de The Americans, como aconteceu com Matthew Rhys, que venceu na categoria de Melhor Actor numa Série Dramática.

Eis os premiados nas principais categorias:

Melhor série dramática
A Guerra dos Tronos (SyFy)

Melhor série de comédia
The Marvelous Mrs. Maisel (Amazon)

Melhor Série Limitada
American Crime Story: O Assassinato de Versace (FX/FoxLife)

Melhor Telefilme
Black Mirror: USS Callister (Netflix)

Melhor Actor numa Série Dramática
Matthew Rhys, The Americans

Melhor Actriz numa Série Dramática
Claire Foy, The Crown

Melhor Actor Secundário Numa Série Dramática
Peter Dinklage, A Guerra dos Tronos

Melhor Actriz Secundária Numa Série Dramática
Thandie Newton, Westworld

Melhor Actor Numa Série de Comédia
Bill Hader, Barry

Melhor Actriz Numa Série de Comédia
Rachel Brosnahan, The Marvelous Mrs. Maisel

Melhor Actor Secundário de Comédia
Henry Winkler, Barry

Melhor Actriz Secundária de Comédia
Alex Borstein, The Marvelous Mrs. Maisel

Melhor Actor em Série Limitada ou Telefilme
Darren Criss, American Crime Story: O Assassinato de Versace

Melhor Actriz em Série Limitada ou Telefilme
Regina King, Seven Seconds

Melhor Actor Secundário em Série Limitada ou Telefilme
Jeff Daniels, Godless

Melhor Actriz Secundário em Série Limitada ou Telefilme
Merritt Wever, Godless

Consulte a lista completa dos vencedores aqui

+ Dez séries que tem de ver até ao final do ano

Últimas notícias

    Publicidade