Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right A Musa está de parabéns e a primeira festa é já no sábado
Notícias / Vida nocturna

A Musa está de parabéns e a primeira festa é já no sábado

musa
Fotografia: Francisco Santos

A Cerveja Musa anda a tirar-nos a sede (e a deixar-nos com os copos) há três anos. E vai assinalar a data com três festas em três espaços e mais três novas cervejas.

A primeira festa é já no sábado, das três às três, em Marvila. Entre o início da tarde e a meia-noite, à música na esplanada, enquanto um porco roda no espeto. Dentro da Fábrica, a música começa a ouvir-se às sete e, durante duas horas, vai ser escolhida por Da Chick. Segue-se um concerto do cantautor português B Fachada, a partir das nove, mas ainda não se sabe bem o que ele vai estar a tocar – há muitas canções, tantas, por onde escolher. Às onze da noite sobe ao palco o cantor e compositor portuense PZ, que lançou recentemente o disco Do Outro Lado. Por fim, a partir da uma da manhã, Mike El Nite gira discos.

As celebrações dos três anos da cervejeira continuam a 1 de Junho, num novo taproom que vai inaugurar entre a Bica e o Cais do Sodré. É um espaço mais pequeno, mas "com uma ligação maior à gastronomia", de acordo com Nuno Dantas Melo, um dos donos. À frente da cozinha estará Leonor Godinho, que veio do restaurante Feitoria e fomos encontrando ao longo dos últimos meses nos almoços de domingo da Musa.

Nuno ainda não sabe se vão “estar prontos para receber pessoas dentro do novo espaço ou não” no primeiro de Junho, porque as obras ainda estão um pouco atrasadas. Nem se vão estar abertos no dia a seguir ou apenas passada uma semana. Mas não parece muito preocupado: “É dia 1 de Junho e é a Bica, por isso vai começar o período dos Santos lá. Na pior das hipóteses, e isso vai haver de certeza, fazemos só um churrasco lá fora.”

A última farra está marcada para 15 de Junho, na Musa das Virtudes, no Porto. O novo bar só deve estar pronto para abrir ao público no final do Verão, mas já está pronto para a festa. Vão lá tocar os portuenses Zen.

Para o fim, deixou-se o mais importante: as três novas cervejas. “São três reinvenções, na verdade”, sublinha Bruno Carrilho, o outro fundador da Musa. “Temos a Porn In the IPA, que é basicamente uma Born In the IPA on speed. Com mais lúpulo, mais álcool, mais tudo. Vai ser uma triple-ish IPA. Vamos ter também a Blanc APA, que é uma reinvenção da Frank APA. Usámos a base da Frank, mas juntámos-lhe um lúpulo particularmente vínico que é o Hallertau Blanc. E finalmente fizemos a Mad Zeppelin, que é um dry hopped red saison. Vai ser vermelha, vai ter muitos dos maltes e dos lúpulos da Red Zeppelin, mas com levedura de saison.” Se tudo correr bem, a partir de sábado vamos poder bebê-las.

+ Exposições em Lisboa para visitar este fim-de-semana

Publicidade
Publicidade