A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

A Paupério chegou a Lisboa e trouxe tudo: dos biscoitos ao pão-de-ló

Por Catarina Moura
Publicidade

Bolachas centenárias, pão-de-ló, marmelada e geleia, em latas inspiradas nos designs dos anos 1950 ou avulso. A Fábrica Paupério chegou a Lisboa com uma loja em Campo de Ourique, inaugurada no final do mês de Novembro, a primeira fora do Norte.

A fábrica de biscoitos com mais de 140 anos preferiu ir parar a um bairro onde “as pessoas que lá moram gostam das suas lojas e não há assim tantos turistas”, diz à Time Out Hélio Rebelo, da marca. Encontraram um parceiro que investiu na loja e depois foi só pôr o nome na montra e os seus produtos nas prateleiras: mais de 40 variedades de biscoitos vendidos avulso ou nas latas que lembram os desenhos de meados do século XX, quando a Paupério atingiu o seu pico, um pão-de-ló e um bolo Rei que querem que se torne tão famoso na capital como já é pelo norte, a marmelada e a geleia de marmelo.

“Tanto temos pessoas que compram as latas para as ir abastecendo com as bolachas” compradas a granel, como “pessoas que compram as nossas caixas para oferecer” e é isso que mostram novas edições como a do sortido negro, feita a pensar no Natal - “são biscoitos cobertos de chocolate como alternativa a quem quer oferecer bombons”, explica Hélio.

Se este modelo de parceria funcionar, a marca que se mantém na mesma família há seis gerações poderá continuar a abrir pontos de venda próprios — são neste momento três a norte (contando com a loja da fábrica, em Valongo, que é visitável) e uma em Campo de Ourique. Não está nos planos dar um passo à frente e somar às lojas zonas de café ou sala de chá, porque “a Paupério não quer deixar a sua vocação retalhista”.

Rua Almeida e Sousa, 49 (Campo de Ourique). Seg-Dom 10.00-19.00

+Gelados, cafetaria e os chocolates de sempre: é a loja do futuro da Arcádia

Últimas notícias

    Publicidade