Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right A pizza mais cara do país está no Buonapizza (a mais barata também)
Notícias / Comida

A pizza mais cara do país está no Buonapizza (a mais barata também)

Buonapizza
©Manuel Manso

No 48 da Pinheiro Chagas há uma herança que se reinventou como uma carta de amor à gastronomia italiana. Paulo Caldeira e Anabela Carraço pegaram na morada de uma antiga padaria e trouxeram-lhe vida nova com o Buonapizza, uma aventura que faz das pizzas casa e de Itália a mesa.

A paixão de Paulo pela cultura italiana começou cedo. Aos 14 anos, os Ferraris foram o mote, depois as revistas, e finalmente a visita, em 1978. O pai trabalhava na TAP e isso, diz, "ajudou a viajar desde pequeno", mas a terra dos Alpes marcou-o mais do que qualquer carro ou subscrição. Anos depois, o empresário que começou carreira numa consultora especializada em turismo e hotelaria, havia de percorrer todo o país, "da Calabria à Toscana, até ao norte, no Lago Cuomo", recorda.

Fotografia: Manuel Manso

O Buonapizza é, por isso, um projecto-paixão que sempre esteve na calha. "Tem muitos anos de imaginação, muitos anos de desejo, quase uma vida inteira, e agora conseguimos concretizá-lo. Há muito tempo que faço pizza em casa e em forno de lenha", razão pela qual o espaço da antiga padaria que agora ocupa lhe pareceu o ideal. "Quando entrei e vi o espaço disse que estava interessado, mas não imaginava o que ia encontrar. Não imaginava que tudo se encaixava. Fiquei apaixonado, investimos muito na remodelação total, as obras duraram quase um ano."

Mas apesar da remodelação profunda, houve elementos a manter como "um forno gigantesco e uma torre de tijolo de 15 metros" que é a mesma que usada hoje. Usamos o mesmo alçapão, o mesmo depósito de lenha que naquela altura, estava tudo cá."

 

Risotto gamberi
Fotografia: Manuel Manso

 

Faltava arrancar com o projecto, uma tarefa que Paulo e Anabela procuraram fazer com o máximo de autenticidade. "Nas receitas, na seleção e na formação da equipa, o Buonapizza foi bastante ajudado pelos nossos amigos da Pizzaria Capri, situada na Aldeia das Açoteiras, no Algarve", quanto à mão que comanda a cozinha, António, napolitano de gema, foi uma peça essencial "roubada" à Capri. "É ele que comanda, e a experiência que traz é essencial", defende Paulo.

As pizzas são todas feitas em forno de lenha e há muita variedade. Afinal, o Buonapizza é a casa das pizzas parziale, uma criação conjunta de Paulo e António que combina uma pizza e um calzone num só. Nestas, há escolhas como a Diavola (10,90€), a Hawai (10,50€), a Della Terra (11€), com presunto, fiambre, parmesão, mozarela fior di latte – uma variedade de mozarela feita com leite de vaca – e molho de tomate San Marzano ou a Gamberi (13,50€).

 

A pizza parziale Diavola
Fotografia: Manuel Manso

 

Outra das apostas fora da caixa foram as pizzas homónimas da casa, "as mais caras do país", atira Paulo, que contrastam com aquela que é, segundo ele "uma das mais baratas da cidade, a nossa Marinara (6€)". A Buonapizza Quatro Speciali Terra e Mare (54€) chega com mozarela fior di latte, queijo de cabra, mel, gambas, salmão, queijo creme, folha de ouro, pepperoni, salpicão português, e molho de tomate San Marzano. Já a Buonapizza Quatro Speciali Solo Terra (45€) é feita com mozarela fior di latte, queijo de cabra, mel, trufas, folha de ouro, pepperoni, salpicão português e molho de tomate San Marzano. 

A provar há ainda os risotos, al ragu e funghi (8,95€) ou o risoto gamberi (14€). Nas pastas, o tagliatelle salmone (10€) ou o spaghetti vegetariano (8,25€) são outras das apostas e pode terminar com uma panna cotta de frutos vermelhos (4,50€), feita na casa. Se preferir, os gelados da Buonapizza são da Nannarella.

Rua Pinheiro Chagas, 48A (Saldanha). 967 652 423. Seg-Dom 12.30-15.30/19.00-23.00.

+ As melhores pizzarias em Lisboa

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments