A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Continente Labs
Continente LabsO pagamento só é debitado depois de ultrapassados os torniquetes

A primeira loja sem caixas do país já abriu em Lisboa

Loja do Continente no Arco do Cego é a primeira no país que recorre à tecnologia para registar o que os clientes retiram das prateleiras. O pagamento é feito através da app.

Por
Sebastião Almeida
Publicidade

O Continente abriu esta quarta-feira a primeira loja sem caixas do país. No novo supermercado, na Rua D. Filipa de Vilhena, no Saldanha, os clientes podem entrar, pegar nos produtos que desejarem, e sair sem se dirigirem a uma caixa de pagamento. Com a ajuda de smartphones, basta passarem pelos torniquetes e o pagamento é feito de forma automática, através do cartão que é associado à nova aplicação criada para o efeito, Continente Labs.

O investimento no espaço ascende a um milhão de euros, revelou ao Público Frederico Santos, director de inovação e transformação digital da Sonae IM, grupo que detém a cadeia de hiper e supermercados. Ao todo, há cerca de 230 câmaras e 400 sensores espalhados pelo tecto e pelas prateleiras, que permitem gerir a localização e o peso dos produtos.

A tecnologia usada, semelhante à criada pela Amazon e que é usada nas suas lojas sem caixa desde 2018, foi criada de base pela startup portuguesa Sensei. Esta tecnologia baseia-se em visão computacional, na qual algoritmos são treinados para que, quando alguém circula na loja, a informação visual das câmaras seja cruzada com a informação dos sensores nas prateleiras e com as coordenadas de cada produto.

O cliente poderá tirar e pôr produtos nas prateleiras, mas só irá pagar o que levar consigo no momento em que atravessa os torniquetes, explica ainda Frederico Santos. Durante os primeiros meses de funcionamento, vários trabalhadores estarão presentes na entrada da loja para ajudar os clientes. A loja que foi inaugurada esta quarta-feira estará aberta diariamente entre as 12.00 e as 21.00. A nova aplicação Continente Labs já está disponível na App Store e na Google Play Store.

Caso lhe seja cobrado algum produto que não tenha levado, poderá fazer a reclamação na aplicação e o dinheiro será reembolsado através do cartão associado.

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

+ Governo acelera vacinação em Lisboa e Vale do Tejo

Últimas notícias

    Publicidade