Notícias / LGBT

A toca dos bears na Caparica

Donos do Villa 3
Duarte Drago

O novo hotel na Costa da Caparica abriu no fim de Outubro e dois dos sócios têm o bar TR3s, no Príncipe Real. Está aberto a não-hóspedes, com sauna gay e piscina aquecida. 

Até agora este é “o maior investimento nacional no turismo LGBT”, diz o belga Eddy Van Wallendael, um dos quatro sócios do recém- -inaugurado Villa 3, na Charneca da Caparica, o novo hotel direccionado para um público gay masculino.

A localização não é de todo despropositada. Apesar de ficar afastado do mar, numa zona de moradias encostada à A33, a auto-estrada que ajuda a fugir ao trânsito da Caparica, fica a “oito minutos” de carro da Praia 19, uma das praias gays mais famosas da Europa, que cada vez atrai mais turistas.

Mas quem ficar hospedado na Villa 3 nem precisa de ir à praia. A piscina aquecida (no Verão chega aos 30 graus), o jacuzzi e a sauna são mais do que suficientes para os hóspedes que desde 20 de Outubro começaram a ocupar os 13 quartos duplos do hotel.

A ideia de criar um hotel com um target gay na Caparica – “o cliente-alvo são homens com mais de 25 anos”, sublinham – partiu de dois casais bear: António Marco & Eddy Van Wallendael (que já conhecemos do bar TR3S, no Príncipe Real, que acaba de comemorar oito anos) e Carlos Neves & José Mendo (ligados à construção civil). Em 2016, os quatro compraram o imóvel com 2700 metros quadrados. Dois anos de obras de remodelação e muita burocracia depois, a Villa 3 recebe as primeiras reservas e as primeiras festas. O espaço pode ser alugado para eventos e casamentos e está aberto ao público, não só para acesso à sauna e à piscina, como para celebrar ocasiões especiais.

Por exemplo, no Thanksgiving, (o Dia de Acção de Graças anglosaxónico, que este ano calha a 22 de Novembro), há jantar e acesso ao spa por 30€/pessoa. No Natal e na passagem de ano estão disponíveis pacotes de estadia e jantar, a começar nos 110€/pessoa/ noite. Aliás, animação não vai faltar, principalmente em época alta. Eddy e Marcos organizam o festival internacional Lisbon Bear Pride, no fim de Maio, e por isso estão habituados a festas.

Quem procura mais calma pode descansar num dos quartos com vista para o jardim que há-de florescer, com algumas plantas vindas directamente da “gay/ straight friendly” – assim se descreve no site – Casa Risa, no Algarve, de um amigo.

Já a zona da piscina exterior e do spa (com sauna, banho turco e cabines) está aberta a nãohóspedes, por um valor de 25€/ dia (para acessos entre as 12.00 e as 00.00) ou 150 euros anuais – “Pergunte-nos no Facebook como poderá ver este valor reduzido”, aconselham. A sauna deverá começar a funcionar dentro de poucas semanas e será a principal actividade do hotel durante o Inverno. No Verão, esperam-se festas temáticas, para ursos e não só.

O hotel já apareceu na revista internacional Bear World Magazine como o “primeiro resort gay de Portugal”, mas o target não são só bears, dizem os proprietários. “Os donos são bears, organizadores do Lisbon Bear Pride, têm uma ligação forte com esta comunidade, mas a Villa 3 é para todos os membros da comunidade LGBTI e seus simpatizantes”, escrevem. àRua Teresa Leitão Barros, 4 (Charneca da Caparica). Sauna e piscina exterior por 25€/dia. Quartos com pequeno- -almoço a partir de 72€/noite.

+ Dez filmes gays essenciais

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments