Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Afinal o Alto do Pina poderá marchar nas Festas de Lisboa
Notícias / Vida urbana

Afinal o Alto do Pina poderá marchar nas Festas de Lisboa

Marchas de lisboa
©José Frade

E não é daqui para fora. O alinhamento para as Marchas Populares de Lisboa foi divulgado em Novembro passado, mas na lista havia uma ausência pesada: o novo regulamento punha de fora a Marcha do Alto do Pina.

No entanto, uma petição subscrita por mais de 300 pessoas deu entrada na Comissão Permanente de Cultura da Assembleia Municipal de Lisboa que esta semana virou o bico ao prego desta história numa decisão unânime: recomendou à EGEAC que a Marcha do Alto do Pina, a título excepcional, voltasse à lista dos convocados.

Na passada edição, a Marcha do Alto do Pina foi a antepenúltima classificada e o novo regulamento das Marchas Populares dita que as últimas três marchas não participam na edição seguinte, ou melhor, teriam de passar por um processo de sorteio para participar na edição seguinte, ao contrário do regulamento anterior que contemplava apenas os últimos dois classificados. A decisão final ainda não foi tomada, mas o vento parece estar mais a favor da marcha que venceu a competição em 2015.

*Notícia corrigida às 17.00 de 1 de Março de 2018: onde se lia no título "Afinal o Alto do Pina vai marchar nas Festas de Lisboa" lê-se agora "Afinal o Alto do Pina poderá marchar nas Festas de Lisboa", uma vez que a decisão ainda terá de ser debatida. 

+ Palacete dos Lusíadas, em Alcântara, une Assembleia Municipal

+ Hospital Veterinário Solidário aprovado na Assembleia Municipal de Lisboa

 

Publicidade
Publicidade