Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Agora pode pagar ao mês para andar nas bicicletas eléctricas Jump
jump uber
©DR

Agora pode pagar ao mês para andar nas bicicletas eléctricas Jump

Publicidade

A Uber anunciou um serviço mensal para as bicicletas Jump. Em contrapartida, as viagens fora do plano de subscrição ficarão mais caras.

Boas (ou más) notícias para quem utiliza as bicicletas eléctricas vermelhas da Jump. A empresa lançou, nesta terça-feira, dois novos serviços de subscrição mensal, mas subiu o preço de 15 para 20 cêntimos por minuto. Vamos por partes.

A vantagem será para aqueles que usem este serviço de forma regular, dado que agora têm a possibilidade de aderir a dois tipos de subscrição mensal: o Plano Electric que permite viajar 15 minutos por dia e que tem um custo de 24,99€ e o Plano Electric + para aqueles que querem pedalar 30 minutos por dia, com um custo de 39,99€. A subscrição será renovada mensalmente de forma automática.

Isto vai ajudá-lo a poupar? Fazemos as contas para facilitar: com os novos valores, cada minuto terá um custo de 20 cêntimos, por isso 15 minutos de viagem equivale a 3€ por dia e cerca de 90€ por mês. Já para os 30 minutos, as contas dariam 6€ por dia e cerca de 180€ por mês. Comparando estes valores com os dos planos, a diferença é evidente. No entanto, nem tudo são rosas: os minutos diários não são cumulativos (caso não usufrua dos minutos a que tem direito, esses minutos são perdidos, não passam para outro dia) e, se exceder o tempo de utilização do plano que subscrever, será cobrada a tarifa normal dos minutos que utilizar a mais. Por isso, pondere bem.

Este é um projecto-piloto, sendo que nesta fase a disponibilidade de subscrições é limitada a 15% dos utilizadores. De acordo com a Uber, que é dona das Jump, será enviado um email aos utilizadores destas bicicletas eléctricas com um convite para subscrever o serviço. Quem estiver interessado deverá fazê-lo até dia 30 de Novembro. O período de experiência dos planos de subscrição dura até 31 de Janeiro de 2020, mas a intenção da empresa é continuar com ele, caso a adesão assim o justifique.

+ Jardins Abertos: em Outubro há passeios, workshops e visitas a jardins secretos

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade