A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
drive in rave
Photograph: MABO Eventtechnik

Alemães fazem raves em drive-in para manter o distanciamento social

Por
Huw Oliver
Publicidade

Sejamos honestos: as boas saídas à noite de outrora eram a antítese de distanciamento social. Eram suadas, repletas de contacto físico e definitivamente não eram a experiência mais higiénica do mundo. Claramente, vai ser preciso arranjar novas soluções para a agenda nocturna e a Alemanha parece estar a liderar o caminho com uma solução inovadora.

No passado fim-de-semana, o Club Index (uma super-discoteca na cidade de Schüttorf) fez uma das primeiras raves em drive-in do mundo. E as imagens desta noite deixam-nos um pouco mais optimistas, e com esperança num futuro em que voltaremos a perder a cabeça ao som da música.

Com um palco digno de festival de música, um sistema de som completo e equipamento de iluminação no parque de estacionamento, fizeram três festas Autodisco para 250 carros (com dois participantes permitidos em cada veículo) de 30 de Abril a 2 de Maio. Os vídeos mostram condutores a buzinar e a piscar as luzes ao som dos DJ sets de Devin Wild, Nitefield e MarvU.

View this post on Instagram

Played at the Autodisco party of Club Index yesterday, such a fun experience! 🤣 HIT YOUR HORN 📣📣📣

A post shared by Devin Wild (@devinwildnl) on


Também na Alemanha, o World Club Dome organizou duas noites de drive-in com 1000 convidados em cada. O cabeça de cartaz, o DJ Le Shuuk, pôs música em frente à "maior tela hidráulica do mundo", com direito a canhões de fogo e CO2 para um efeito dramático adicional. Para manter o distanciamento, as janelas dos carros tinham de permanecer fechadas, enquanto a música era transmitida pelos rádios. Não houve relatos de nenhum condutor sair da festa sob a influência de álcool.

Tanto o Club Index como o World Club Dome estão a planear mais raves em drive-in para o futuro. Parece uma boa maneira de transformar o que é essencialmente um engarrafamento estridente numa noite memorável embora esperemos ansiosamente pelo dia em que as discotecas voltem a abrir para peões.

+ Faça a festa em casa com estes cocktails ao domicílio

+ Lux em casa: "manter uma comunidade durante a calamidade"

Últimas notícias

    Publicidade