A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Cinema, Movie Theatre
Photograph: Karen Zhao / Unsplash

Antes de os cinemas reabrirem, Medeia oferece online mais quatro “raridades”

Quarta fase da Quarentena Cinéfila exibe gratuitamente, em streaming, obras de Luís Buñuel, Emir Baigazin, Grégoire Leprince-Ringuet e Jean Renoir. De 18 de Março a 1 de Abril.

https://d32dbz94xv1iru.cloudfront.net/customer_photos/14d3bbef-59cc-4753-a960-2f64c64804b1.jpg
Escrito por
Sebastião Almeida
Publicidade

As salas de cinema reabrem a 19 de Abril. Até lá, continuamos a viver a sétima arte em streaming. A Medeia Filmes é uma das entidades apostadas em levar-nos o cinema até casa e, nesta sexta-feira, anunciou que a sua Quarentena Cinéfila vai entrar agora na quarta fase, na qual se propõe a mostrar “Raridades” de Luís Buñuel, Emir Baigazin, Grégoire Leprince-Ringuet e Jean Renoir. A programação começa a ser exibida digitalmente a 18 de Março e prolonga-se até 1 de Abril.

Ao todo são quatro filmes transmitidos gratuitamente no site da Medeia. O primeiro, disponibilizado a 18 de Março (ou seja, na próxima quinta-feira), é o Labirinto Infernal, do vanguardista Buñuel. Esta produção franco-mexicana de 1956 adapta o conto homónimo de José-André Lacour e é protagonizada por Simone Signoret e Michel Piccoli, numa aventura na selva que revela as fraquezas do ser humano. O filme fica disponível até dia 22.

Segue-se a história de uma família de cinco filhos que vive numa aldeia remota do Cazaquistão e cuja vida se altera quando um visitante chega à vila e mostra às crianças que lá habitam as possibilidades dos tablets e dos computadores. O Rio (2018), realizado por Emir Baigazin, é disponibilizado a 22 de Março, mantendo-se em cartaz até 25 de Março.

O Bosque Quincôncios (vídeo abaixo), do jovem actor e realizador francês Grégoire Leprince-Ringuet, é a terceira proposta do ciclo. O filme de 2016 conta a história de um casal que se separa e o desgosto amoroso que se segue para uma das partes.

Por fim, Helena e os Homens (1956) encerra a programação, estando disponível de 29 de Março a 1 de Abril. Com Ingrid Bergman, Jean Marais, Mel Ferrer e Jean Richard, este clássico de Jean Renoir narra a chegada a Paris de uma jovem viúva de um príncipe polaco, Helena, que se torna musa de um ministro implicado num golpe de Estado pelos seus oficiais.

De resto, ainda é possível assistir gratuitamente a dois dos três filmes exibidos na terceira fase da Quarentena Cinéfila. Carneiros, de Grímur Hákonarson, está disponível até 15 de Março, e Movimento em Falso, de Wim Wenders, de 15 a 18 de Março.

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

+ O Time Out City Index está de volta. Como tem sido a vida na sua cidade?

Últimas notícias

    Publicidade