A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Antú Alfama
Ricardo Lopes

Antù. Numa casa de culto nasceu um sítio de brunch para todas as horas

Já foi um restaurante de luxo, agora é um lugar que une gastronomia, arte e compras. Paredes com história ajudam a contar a do Antù, o novo espaço em Alfama.

Escrito por
Joana Moreira
Publicidade

São 13.00 e a esplanada está praticamente cheia. No Beco de São Miguel, em Alfama, ouve-se mais inglês do que português. Poucos dos que ali estão, de airpods nos ouvidos e mais tecnologia na ponta dos dedos, a devorar uma tosta ou um latte saberão a história do edifício onde está o Antù Alfama, um restaurante que também é loja e galeria para mostrar novos artistas.

Matheus Veronez, brasileiro a viver em Portugal, garante que estamos perante "muito mais do que só um restaurante". É ele um dos quatro sócios atrás da marca Antù, que abriu um primeiro espaço no Cais do Sodré em Julho de 2021, ajudando a redefinir a cena nocturna na cidade, com festas e eventos culturais. O Antù Alfama, a funcionar desde Março, foi o passo seguinte. "Foi uma oportunidade do momento. Esta casa sobreviveu ao terramoto de 1755, tem toda uma história”, deixa no ar.

Uma história intimamente ligada à memória gastronómica da cidade. Nos anos 70, era ali o mítico restaurante de luxo de Filipa Vacondeus, o Cota de Armas, um sítio “conotado com tudo o que era banqueiros, fachos da época”, disse a chef de cozinha numa entrevista ao jornal i, em 2010, explicando o fecho do estabelecimento a seguir ao 25 de Abril. Depois disso, o espaço teve uma nova vida, sob o nome Santo António de Alfama. João Paulo Soares, músico da Gulbenkian, e Fernando Heitor, guionista e actor, abriram o restaurante de comida portuguesa no final dos anos 1990. As portas só fechariam durante a pandemia, já com outros sócios, um deles o apresentador da RTP José Pedro Vasconcelos.

“Acho que devo ter sido a primeira pessoa a ver o imóvel quando ficou para alugar”, recorda Matheus à Time Out. Sorte ou não, não houve hesitações. Apesar de se ter deparado com “um espaço meio caótico", a precisar de obras, os três pisos do edifício eram a tela em branco ideal para materializar um conceito há muito sonhado: um restaurante que também é loja e galeria.

Antù
Ricardo Lopes

No piso térreo, para lá da esplanada ("É um dos grandes charmes. Nunca está vazia", assegura), está o espaço de bar, com cervejas, vinhos e uma extensa carta de cocktails, com clássicos e criações originais, como o Gin Antùnic (10€) ou o The Vicentù (9€), da autoria de Sabrina Rossi, também sócia. Ali fica também a sala principal do restaurante. O menu foi concebido por outra das sócias, a chef Christine Veronez, que já passou por restaurantes reconhecidos pelo Guia da Michelin como o Maní, em São Paulo, Brasil, ou El Celler de Can Roca, em Girona, Espanha. "Ela sempre trabalhou com alta gastronomia e veio para o projecto Antù disposta a abrir um pouco mão disso para criar algo um pouco mais dinâmico, [uma cozinha] actualizada e contemporânea, sem ser o fine dining que sempre trabalhou", diz Matheus. 

Brunch todo o dia – e um toque de paprica 

Apesar de n'O Tal Canal, programa de Herman José nos anos 1980, a caricatura de Filipa Vacondeus usar “imeeeeeensa paprica”, a conhecida "senhora dos restinhos" chegou a revelar, mais tarde, em entrevista: “Nunca usei paprica na vida” (revista Sábado, em 2010). Pois no menu do Antù Alfama há espaço para a especiaria. Está, por exemplo, nas asinhas de frango fritas com sementes de cânhamo (9,5€) – ou couve-flor, na versão vegetariana (8,5€) –, um dos snacks mais pedidos na Antú Cais do Sodré, atesta Matheus. As opções para petiscar incluem também sticks de polenta (8,5€) ou batatas fritas com maionese de alho (9,5€). Mas os quatro sócios tinham bem definido qual seria o foco do menu: o brunch, disponível durante todo o dia. Não faltam os ovos cozinhados de todos os feitios (7€), as panquecas (7€), os bagels, como o de salmão fumado, com abacate, pepino e queijo-creme (9€) ou sugestões mais leves como as taças de granola, com iogurte, compota de frutos silvestres e mel (6,5€). Se a fome exigir um prato principal, também os há. Exemplos são o arroz de bacalhau (19€) ou o green goddess quinoa (13€), uma bowl com húmus, guacamole, cogumelos, pickles, salada e quinoa. 

Antù
Ricardo Lopes

O serviço de mesa só acontece no piso térreo, mas é possível deixar-se ficar nos dois pisos superiores, seja na “sala de estar” no segundo andar ou na “sala dos azulejos”, no primeiro. Esta última deve o nome aos azulejos que ocupam a zona inferior das paredes. "Esses azulejos são de 1929 e foram preservados na casa desde então. Pintámos só o tecto e a parede e tentámos nem mexer nas partes quebradas”, explica Matheus. A ampla sala tem ainda um painel de azulejos da artista Maria Guimarães, feito especialmente para o restaurante.

A arte pontua todos os pisos do Antù Alfama. No dia da visita da Time Out, por exemplo, as paredes da escadaria estão ocupadas com a exposição "Soprou", do artista brasileiro Bruno Marchetto. "A ideia é trocar de dois em dois meses", adianta Matheus. Até a antiga garrafeira, localizada debaixo das escadas, serve como espaço para intervenções artísticas, que também deverão mudar a cada seis meses. 

Antù
Ricardo Lopes

Ao fundo dessas mesmas escadas está ainda um pequeno espaço de loja. Ali vende-se roupa vintage ou em segunda mão. A seleção de peças está a cargo da Wavey Garms, empresa londrina fundada em 2013 que se especializa em consultoria de Moda. A parceria vem já do espaço Antù no Cais do Sodré e materializa-se também aqui nesta loja em formato pop-up. "São produtos em segunda mão, porém de marcas conceituadas, Lacoste, Puma, Nike, Gucci, tem uma boa variedade que não encontraria numa loja vintage, com um preço acessível", define o responsável.

Se dúvidas houvesse sobre Alfama ter ganhado nos últimos anos, de forma fixa ou temporária, gente dos quatro cantos do mundo, prova-o a clientela deste novo espaço: “Sobretudo turista”. 

Beco de São Miguel (Alfama). 934 872 616 Seg-Dom 9.00-23.30

+ É bar, é loja de surf, e muito mais. Rove, um espaço na crista da onda

+ 18 novas esplanadas em Lisboa para se por à fresca 

Últimas notícias

    Publicidade