Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As novas esplanadas em Lisboa para aproveitar o sol

As novas esplanadas em Lisboa para aproveitar o sol

Estas são as novas esplanadas em Lisboa para as tardes e noites que aí vêm.

Benfica, Fonte Nova, Quiosque
Manuel Manso
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Esplanadas frescas no duplo sentido do adjectivo, percebe? São estes nomes que circulam pelos grupos de WhatsApp quando o sol aparece. Como bom “esplanador”, comece já a dinamizar esses chats e a marcar um copo ao final do dia numa destas novas esplanadas em Lisboa. A ideia é aproveitar o sol, mas há uma outra esplanada coberta por onde os raios passam, sem deixar de estar abrigado por eventuais brisas. Do Clube Ferroviário, com uma esplanada tropical, ao novo Choupana Caffe, em Santa Apolónia, com uma esplanada com vista para o rio, há novidades fresquinhas e muitas razões para pôr protector e reclamar o seu lugar ao sol.

Recomendado: Sítios para comer caracóis em Lisboa

As novas esplanadas em Lisboa

Meat Me
©Inês Félix
Restaurantes

Meat Me

icon-location-pin Grande Lisboa

O restaurante dedicado ao mundo da carne do grupo Sea Me abre a esplanada em meados de Junho. Vai ser bem florida, com influências das ruas italianas e do Sul de França e uma carta própria, mais fresca, assim como uma nova lista de cocktails da autoria do head bartender do grupo Vasco Martins. O champanhe será o forte da casa – afinal o Meat Me é embaixador do Laurent-Perrier Grand.

quiosque caricato
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Quiosque Caricato

icon-location-pin Benfica/Monsanto

Pintado de vermelho vivaço não passa despercebido na renovada praça junto ao centro comercial Fonte Nova. O Quiosque Caricato nasceu da vontade de Salvador Melo, João Figueiredo e Gonçalo Dominguez de trazer o rodopio dos quiosques do centro da cidade para um bairro tão residencial como Benfica. “Saímos da rota comum dos quiosques, mas estamos numa zona onde mora muita gente”, aponta Salvador. Na carta do Caricato há tostas e saladas, mas a estrela da casa são as bowls de iogurte e açaí. Além das bebidas habituais, o quiosque tem um menu jeitoso de cocktails e, quando a temperatura subir, haverá música ao vivo. 

Publicidade
Izanagi
©Manuel Manso
Restaurantes, Japonês

Izanagi

icon-location-pin Alcântara

Podemos falar da proximidade do rio, da carta cheia de novidades e do facto de podermos combinar cocktails, sushi e sol mas, no fundo, tudo isto só acontece porque a esplanada do Izanagi está lá para nos fazer querer rumar às Docas. Aproveite a vista e cultive esse lado voyeurístico de óculos de sol postos enquanto faz levar à boca um fish wakame (10,25€) ou um tuna dynamite (7,50€). E não se esqueça de aproveitar a banda sonora.

L'Origine
©Inês Félix
Restaurantes, Italiano

L'Origine

icon-location-pin Parque das Nações

O pizzaiolo Roberto Mezzepelle e Chakall juntaram-se para abrir um segundo espaço italiano em Lisboa (o primeiro foi o Refeitório do Senhor Abel, em Marvila). Com dois pisos e uma esplanada em madeira, aqui têm o Tejo e os teleféricos a cortar o horizonte. Há entradas como focaccias, bruschettas, burratas e carpaccios, mas as pizzas são a jóia da coroa. Pode escolher as de massa tradicional, de beterraba ou de carvão vegetal, pretas, a seguir uma grande tendência gastronómica.

Publicidade
Terra Pão
Inês Félix
Restaurantes, Padarias

Terrapão

icon-location-pin Lisboa

O espaço interior da Terra Pão, a padaria artesanal do Mercado de Arroios, é apertadinho – as fornadas de onde estão sempre a sair os bons pães da casa, como o de trigo ou de centeio, e volta e meia uma focaccia, baguetes ou uma espécie de cinnamon buns, ocupam a maior parte. Mas pode, e deve, levar tudo lá para fora e ficar na esplanada. É em modo mesa comunitária, comprida, em madeira: de manhã é boa para tomar o pequeno-almoço com uma brisa, e a partir das 15.00 já está toda ao sol para garantir os mínimos de vitamina D.

The Therapist
©Manuel Manso
Restaurantes

Therapist

icon-location-pin Alcântara

A cafetaria da clínica de terapias não convencionais da Lx Factory evoluiu para restaurante terapêutico, com um menu adaptado a diferentes necessidades – o menu Azul tem pratos com benefícios para a mente, o Rosa para o reforço de proteínas e gorduras boas, o Amarelo para fortalecer o sistema imunitário e o Verde é para um detox do organismo. Dos bowls salgados e doces para cada um dos objectivos às panquecas, é tudo para aproveitar na esplanada ampla, a qualquer hora do dia.

Publicidade
Choupana Caffe Terminal de Cruzeiros
Inês Félix
Coisas para fazer

Choupana Caffe

icon-location-pin Alfama

A pastelaria das Avenidas Novas, conhecida pelos seus super-croissants, foi apanhar ar fresco e ganhou vista para o rio com uma segunda casa, no Terminal de Cruzeiros. O espaço interior é mais pequeno, mas compensa tudo com a esplanada, com abrigo q.b. para ventos indesejados ou dias de maior calor. Há várias opções para almoços, das sopas a pratos do dia, para além do brunch servido diariamente entre as 10.00 e as 17.00 (a partir de 22€).

Gastrobar Rossio
©Inês Félix
Restaurantes, Gastropubs

Rossio Gastrobar

icon-location-pin Grande Lisboa

O Altis Avenida aproveitou a expansão do hotel para criar uma nova esplanada lá no alto, com cadeirões confortáveis com vista sobre a praça do Rossio, para o Castelo, Elevador de Santa Justa e o rio lá ao fundo. Fica no sétimo piso e é um gastrobar,  um bar com uma proposta de comidas um bocadinho mais trabalhada, com produtos da estação e maioritariamente portugueses, com a assinatura dos chefs João Rodrigues e João Correia. É tudo para comer sem formalidades e tanto tem croquetes de rabo de boi (quatro unidades, 7€) como katsu sando, com presa ibérica crocante (12€).

Publicidade
©Duarte Drago
Restaurantes, Libanês

Lebanese Corner

icon-location-pin Avenida da Liberdade/Príncipe Real

A fórmula é simples, os produtos são quase todos caseiros e o sabor diferente quer mesmo ser um ex-líbris da cozinha. O Lebanese Corner nasceu no número 3 do Largo do Rato, com uma esplanada pequena, mas sempre cheia. Por lá, Mohamed traz um bocadinho da cozinha do país de origem à Lisboa multicultural e, com a ajuda da mulher, vai transformando cada ingrediente numa experiência.

©Manuel Manso
Restaurantes, Italiano

Ruvida

icon-location-pin Estrela/Lapa/Santos

Se está à espera de rumar ao Ruvida para uma experiência super coqueteleira com ingredientes infinitos e que leva uns bons 10 minutos a preparar, bom, talvez não seja o sítio certo. No espaço de decoração suave onde o vermelho impera, e onde a banda sonora é maioritariamente italiana, o plano é fazer uso da esplanada para levar Itália à boca, uma garfada de cada vez.  

Publicidade
Soul Garden
©Manuel Manso
Restaurantes

Soul Garden

icon-location-pin Campolide

O Corinthia Lisboa Hotel, em Campolide, criou uma espécie de jardim interior: basta atravessar a entrada do hotel e chega a um oásis onde se serve comida leve de sabores equilibrados, casada com cocktails de assinatura. Há três ilhas dedicadas a três estilos de cocktails: a ilha old fashion, a sour e a negroni e para cada um destes espaços mais recatados há uma pequena carta de bebidas criada por Nelson Antunes.

Mais para comer

Mamasan
Duarte Drago
Restaurantes

Os melhores novos restaurantes em Lisboa

A restauração floresce a grande velocidade na capital. Aliás, a nossa cidade tem uma diversidade cada vez maior no que à restauração diz respeito. E é mesmo caso para dizer: venham eles. Queremos toda a comida do mundo, chefs a abrir restaurantes de fine dining ou conceitos mais democráticos, restaurantes asiáticos ou boa comida portuguesa com o bacalhau como estrela. Queremos ficar sentados no restaurante a apreciar as vistas, ou pegar e levar para casa. 

Nivà
©Manuel Manso
Restaurantes

Derreta-se com as melhores gelatarias em Lisboa

O Verão ainda está longe, mas basta o sol brilhar e a temperatura subir um pouco que um gelado torna-se logo no melhor aliado. Desde os de fruta, de pêra, limão ou framboesa, aos clássicos, como pistáchio, straciatella ou bolacha maria, o céu é o limite no mundo dos gelados (ou gelatos, que as perdições italianas são cada vez mais na cidade). E a verdade é que a lista das melhores gelatarias não pára de engordar de ano para ano. Nesta selecção, tem das mais antigas às mais recentes, incluindo o lugar perfeito (talvez o único) para apreciar um gelado alcoólico servido em cocktail ou como shot. Coma (ou beba) rápido, antes que derreta.

More to explore

Publicidade