A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Livraria Campos Trindade
©Livraria Campos Trindade

Ao fim de 44 anos, a Livraria Campos Trindade fecha porta na Rua do Alecrim

Foi numa emotiva mensagem partilhada nas redes sociais que Bernardo Trindade anunciou a despedida da loja na Rua do Alecrim. Mas promete continuar.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

A Livraria Campos Trindade, na porta 44 da Rua do Alecrim, foi fundada em 1977 por Tarcísio Trindade, reputado livreiro e responsável pela descoberta, em 1965, do primeiro livro impresso em Portugal, o Tratado de Confissom (1489). Sucedeu-lhe o filho Bernardo Trindade que na madrugada de 13 de Janeiro partilhou nas redes sociais (Facebook e Instagram) uma despedida sentida da Rua do Alecrim.

“Venham-se despedir e, se quiserem, tragam uma flor para colocar nas grades da porta e da montra”, escreveu o responsável. Entretanto muitos já responderam ao pedido, com flores penduradas nas grades que protegem a montra.

Mas Bernardo diz não querer um “cortejo de lamentos ou sentimentos de perda”. Prefere sim “que se celebre e que se homenageie a livraria da maneira como ela sempre foi: simples, verdadeira e alegre”. E mesmo que esta história tenha um fim na Rua do Alecrim, o herdeiro da Livraria Campos Trindade não vai desistir e vai dar continuidade ao negócio de família: “O trabalho, esse, continuará, noutro local e noutros moldes, num futuro muito próximo”.

+ Leia a edição desta semana: Mexe e remexe

+ Leya junta-se à Glovo para entregas imediatas de livros ao domicílio

Últimas notícias

    Publicidade