Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right ARCOLisboa colabora com a Trienal de Lisboa para nos dar novos espaços

ARCOLisboa colabora com a Trienal de Lisboa para nos dar novos espaços

ARCO Lisboa
DR

Dizem que à terceira é de vez. A próxima edição da ARCOLisboa, que de 17 a 20 de Maio volta a ocupar a Cordoaria Nacional, marca a primeira colaboração entre a congénere da célebre feira de arte contemporânea de Madrid e a Trienal de Lisboa.

O objectivo foi dinamizar os espaços exteriores do edifício, bem como a zona de restauração e, após um concurso em que se convidaram quatro ateliês, a proposta vencedora foi a nascida no Atelier JQTS, um atelier de arquitectura que trabalha entre Lisboa e Hamburgo.

"A harmonização da arquitectura da feira com a do edifício que a acolhe é um dos desejos da ARCOlisboa. A Cordoaria, um dos exemplos mais notáveis da arquitectura industrial do século XVIII, ligar-se-á desta vez à arquitectura mais contemporânea do país", lê-se no comunicado da feira. 

ARCO lisboa

DR

 

Daniel Maio e o escultor Carlos Nogueira, colaboradores, inspiraram-se em esculturas de Sol LeWitt e da dupla Christo e Jeanne-Claude para criar “Viaticus”, uma grande estrutura resguardada por uma tela colorida, inspirada numa vela de um barco, que irá resguardar os visitantes num verdadeiro ponto de encontro que será também o espaço de restauração da feira.

A Arco Lisboa conta este ano com 71 galerias de 14 países, o que representa um aumento de 22,5% em relação ao ano anterior. Portugal estará representado com 27 galerias. À semelhança das edições anteriores, há toda uma programação paralela com conferências e exposições. 

+ Open House já tem regresso marcado para Setembro

Publicidade
Publicidade