A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
leitura
©Tom Hermans/ Unsplash

Arroios organiza feira do livro independente com 50 editoras e actividades gratuitas

Até sábado, decorre a primeira edição a FLIFA - Festa do Livro Independente da Freguesia de Arroios. O programa inclui workshops, leituras e conversas.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

O antigo Quartel Largo Cabeço de Bola tem sido um dos palcos culturais de Arroios e esta semana estará dedicado à literatura. A partir desta quarta-feira, e até sábado, recebe a FLIFA - Festa do Livro Independente da Freguesia de Arroios, uma iniciativa da Junta de Freguesia que quer aproximar clientes, livrarias, editoras, autores e produtores de cultura independentes. No total, irão marcar presença cerca de 50 editoras e livreiros, aos quais se juntará uma série de actividades culturais gratuitas em torno da leitura.

No dia de inauguração, pelas 17.00, terá lugar um Banquete Literário, uma “surpresa para adoçar a boca” aos visitantes, explica a organização, seguido da conversa “Como Livros fazem Bairros”, que reúne livreiros, editores e figuras do bairro para falarem sobre a importância das livrarias locais nas comunidades. Neste primeiro dia de festa, às 19.00, poderá ainda assistir a “Vem para os braços do Nininho”, uma leitura de cartas de grandes figuras portuguesas pelo actor Pedro Saavedra.

Na quinta-feira, os tradutores Sepideh Radfar, Abdeljelil Larbi e Hugo Maia discutem o sucesso dos clássicos portugueses no Oriente e vice-versa, na conversa “Pessoa, Camões e as Mil e Uma Noites” que terá lugar às 13.00. Mais ao final da tarde, às 17.30, Sharker Nasrin Toontoon, artista visual do Bangladesh, vai interpretar uma performance que preparou em exclusivo para o evento, e logo a seguir o historiador e autor Sérgio Luís de Carvalho conta “As Lisboas de Lisboa”, sobre a convivência de árabes e judeus nos bairros da cidade de outros tempos. Às 19.00, será hora da actuação “Kathak: Histórias Dançadas”, onde uma bailarina da Associação ISHA-Artes conta histórias através da dança, seguindo esta dança tradicional indiana.

A 7 de Outubro, sexta-feira, autores e editores irão explicar os desafios de publicar o primeiro livro em Portugal e também dar algumas dicas sobre como iniciar uma carreira de escritor, numa conversa que terá início às 15.00 chamada “Eu sobrevivi ao meu primeiro livro”. Uma hora depois, Teresa Gonçalves e Rama Nassr, do Colectivo Art&Craft Refúgio, tomarão as rédeas do worskshop “Jogo de Símbolos”, onde os participantes poderão saber mais sobre gravura e encadernação, com materiais e técnicas que podem usar em casa.

Ao mesmo tempo, outro workshop terá lugar no quartel: “Desenhar à vista no Bairro”, com Margarita Sharapova e Emma Gonsales Moro, do mesmo colectivo, que irão levar os participantes a uma “autêntica walking tour desenhada”. Neste dia, conte ainda com a conversa “#oslivrosnaeradigital” (17.00), onde promotores de leitura e criadores de conteúdos digitais promovem o acesso aos livros através da internet; com “Textos Amorosos Latinos” trazidos pelo professor e latinista André Simões, que vai revelar histórias atrevidas sobre o mundo íntimo dos romanos (18.30); e música com o DJ Yizhaq (19.30).

No sábado, o último dia desta festa começa com a Associação Animais de Rua a apresentar o seu novo livro infanto-juvenil – uma história de Heitor Lourenço e ilustrações de Simone Nico. À mesma hora, 11.30, o teatro Lambe-Lambe irá apresentar as histórias “Janela Fernando Pessoa” e “Voo Poético”.

A partir das 17.30, poderá ter de puxar da cultura geral no Quiz Literário, onde o quizmaster Ricardo Baptista irá testar os conhecimentos literários dos visitantes, com um prémio surpresa no final. Às 18.00, José Pacheco Pereira dará uma palestra sobre “Livros Proibidos na História Portuguesa” e às 19.30 terá lugar um espectáculo de dança do ventre chamado "Jawhar", com a bailarina Elsa Shams e o músico Orlando Murteira. A FLIFA termina em grande com a flash mob "Bollywood", com a participação de bailarinos da ISHA-Artes e todos os visitantes que queiram celebrar a cultura popular indiana.

Quartel da GNR - Largo do Cabeço de Bola (Arroios). Qua-Sáb 11.00-22.00. Entrada livre. Inscrições nos workshops: flifa@jfarroios.pt

+ Festival Literário de Óbidos regressa em Outubro com mais de 200 iniciativas

+ Depois de uma editora, Adelaide deu à cidade uma nova livraria de bairro

Últimas notícias

    Publicidade