Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Batman vs. Stan Lee: uma batalha de titãs na Amadora BD
Batman
Festival Internacional de Banda Desenhada

Batman vs. Stan Lee: uma batalha de titãs na Amadora BD

Publicidade

Nos 30 anos do Festival Internacional de Banda Desenhada, celebra-se a obra de Batman e o legado criado por Stan Lee na Marvel. Há ainda homenagens a artistas nacionais e sessões de autógrafos e workshops.

O Festival Internacional de Banda Desenhada está de regresso à Amadora, entre os dias 24 de Outubro e 3 de Novembro, altura em que celebra o seu 30.º aniversário.

O Fórum Luís de Camões irá receber, durante uma semana, exposições, sessões de autógrafos, visitas guiadas, oficinas, debates e workshops. Com especial destaque para a mostra do “80.º aniversário de Batman”, que “evoca as histórias e momentos mais icónicos e a apresentação dos autores que mais contribuíram para a evolução da personagem”, lê-se na nota de imprensa divulgada esta terça-feira. Já a exposição “Stan Lee – O mito e as criações” irá mostrar o processo criativo e o impacto de um dos “pais do universo Marvel”.O

O festival conta as suas três décadas de vida através da exposição “30 anos, 30 cartazes”, promovendo uma viagem pela história da banda desenhada nacional.

A exposição “XIII – A grande Aventura” percorre a icónica série de BD criado pelo escritor Jean Van Hamme e pelo artista William Vance que, mais tarde, deu origem a um videojogo e foi adaptada para o cinema com os filmes de Jason Bourne. Noutro campo, a mostra “O Traço é o Caminho”, de Jorge Coelho, detalha como o artista se tornou presença regular nos palcos internacionais e em projectos de editoras como a Marvel.

As homenagens a Geraldes Lino e a Vasco Granja retratam a vida e obra dos artistas, destacando a sua importância na evolução da banda desenhada e do cinema de animação em Portugal. “BD Universal de Alfonso Font” é uma retrospectiva ao autor incontornável da BD espanhola, que marcará presença no festival.

Nas sessões de autógrafos, os visitantes contarão com a presença de Marjolaine Leray, Rubén Pellejero, Susa Monteiro, Miguel Mendonça, Keko, Peter Snejbjerg, Tommi Musturi, entre outros. Haverá ainda oficinas para crianças e adultos, em que se aprende a fazer animações, novelas gráficas, artes plásticas e álbuns ilustrados.

A entrada é gratuita no primeiro dia do festival, sendo que nos restantes dias o preço do bilhete é de 3€. Até aos 12 anos a entrada é gratuita e há um passe livre-trânsito que custa 10€.

 +As melhores lojas de BD em Lisboa

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade