Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Beber Devagar, uma simbiose entre livros e cerveja
Notícias / Vida nocturna

Beber Devagar, uma simbiose entre livros e cerveja

Beber Devagar
Inês Félix

A livraria Ler Devagar, na Lx Factory, tem desde 12 de Janeiro um novo bar com cerveja artesanal. Os responsáveis são os mesmos da cerveja Trevo, da Costa da Caparica.

A final do Euro 2016 mudou a vida de muita gente. Além de nesse ano terem sido registadas sete crianças com o nome Éder (mais três “Eder” sem acento), novas ideias de negócio surgiram. Foi o caso da cerveja Trevo da Caparica, pensada depois de um brinde com “as cervejas industriais habituais” no golo do herói Éderzito, que deu a vitória a Portugal na competição.

No dia do jogo, João Brazão e dois amigos irlandeses, Mick e Conor, começaram a pensar em fazer a sua própria cerveja. “Toda a gente a celebrar, nós a brindarmos e nessa noite de loucura nasceu a ideia”, recorda João. “Já tínhamos feito umas cervejas caseiras, havia o bichinho de fazer qualquer coisa e aquilo foi o gatilho para avançar.”

A Trevo da Caparica nascia pouco depois, no fim de 2016, e no ano seguinte, em Setembro de 2017, a marca era lançada com a primeira produção. “A ideia era também trabalhar com cervejeiros caseiros, ajudá-los a produzir”, continua João. “A certa altura comecei a ter relações com algumas pessoas do mundo literário e a levar cervejas para eventos.” Chegou a fazer uma cerveja com o escritor Afonso Cruz, autor do livro Jesus Cristo Bebia Cerveja, para a Feira do Livro do ano passado. “Escolhemos uma receita antiga, fomos pesquisar e apresentámo-la no lançamento de um livro, O Macaco Bêbado Foi à Ópera.”

A relação com os livros ficou ainda mais intensa quando fez uma cerveja para o Festival Literário de Óbidos. “Foi acontecendo de uma maneira informal e esporádica”, explica. Em 2019 conheceu José Pinho, da Ler Devagar, e surgiu o convite para dinamizar o primeiro andar da livraria na LX Factory com cerveja artesanal. “Ele perguntou-me se eu conseguia abrir um bar em dez dias e eu respondi-lhe que sim”, conta.

Inês Félix

A 12 de Janeiro de 2020 nascia então o bar Beber Devagar, “uma simbiose entre os livros e a cerveja”, no primeiro andar da bonita livraria. Em breve haverá uma secção especial de livros sobre cerveja no bar e, mesmo ao lado, será oficialmente inaugurada uma loja de discos de música clássica e jazz, a Jazz Messengers.

O bar tem dez torneiras de cerveja artesanal, maioritariamente criações da Trevo – blondes, stouts, New England IPA, imperial stout ou grape ales, um híbrido entre cerveja e vinho – e outras de cervejas convidadas relacionadas com a Trevo, todas de produtores nacionais.

A funcionar até à uma da manhã aos fins-de-semana, o bar vende também cerveja engarrafada e cerveja em lata para levar para casa. Aliás, a Trevo é a primeira produtora artesanal do país a enlatar a sua própria cerveja, “o melhor método de conserva”, garante João.

Nos próximos tempos, planeiam organizar algumas actividades paralelas: lançamentos de livros, concertos e até visionamento de documentários como o Primeira Rodada, da jornalista Catarina Neves, sobre produtores de cerveja artesanal.

LX Factory. Rua Rodrigues de Faria, 103 (Alcântara). Seg-Qui 12.00–23.00, Sex Sáb 12.00-01.00, Dom 12.00-21.00

+ Os novos bares em Lisboa que tem mesmo de conhecer

Publicidade
Publicidade