A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
José Avillez
Mariana Valle Lima

Belcanto de Avillez é o 46.º melhor restaurante do mundo

O restaurante de fine dining de José Avillez caiu quatro lugares no The World’s 50 Best Restaurants, grande concorrente do Guia Michelin. Mesmo assim, o Belcanto continua a ser o único representante português na lista.

Escrito por
Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

Depois de em Junho ter conquistado uma estrela Michelin para o seu restaurante no Dubai, José Avillez continua a destacar-se internacionalmente, mantendo-se o Belcanto, no Chiado, como um dos 50 melhores restaurantes do mundo – o único restaurante português na lista. Ao contrário das últimas duas edições, onde ocupou a 42.º posição – lugar a que ascendeu em 2019 quando subiu 33 lugares –, desta vez, Avillez desceu no ranking e ficou na 46.º posição.  

O Geranium, em Copenhaga, é o melhor restaurante do mundo. Liderado por Rasmus Kofoed, o restaurante dinamarquês tinha ficado em segundo lugar no ano passado e era apontado agora como o grande favorito. O pódio fecha-se com o restaurante peruano do casal Virgilio Martínez e Pía León, o Central, em Lima. Na terceira posição, ficou o Disfrutar, em Barcelona, do trio de chefs Oriol Castro, Eduard Xatruch e Mateu Casañas. 

Na cerimónia que aconteceu esta segunda-feira em Londres, conduzida pelo actor Stanley Tucci, o Belcanto foi anunciado como um destino gastronómico de referência na capital portuguesa. Foi em 2012 que o chef abriu o Belcanto e, nesse mesmo ano, foi distinguido com uma estrela Michelin. Em 2014, conquistaria a segunda estrela, que mantém até hoje. Em 2019, e como parte da sua evolução, o restaurante mudou-se para um novo espaço, mais amplo, contíguo ao inicial.

Com a distinção conquistada em Junho para A Tasca by José Avillez, no Hotel Mandarin Oriental Jumeira, no Dubai, o chef português soma hoje três estrelas. 

A celebrar 20 anos de existência, a lista do The World’s 50 Best Restaurants é decidida por 1280 peritos gastronómicos, espalhados por todo o mundo.

+ De volta do tradicional, Luís Gaspar abriu um restaurante inspirado em Maria de Lourdes Modesto

+ No Erva, há jantares com menus surpresa e chefs convidados até 2023

Últimas notícias

    Publicidade