A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Bhout boxe
Mariana Valle Lima

Bhout. Neste ginásio cada soco ou pontapé vale pontos

A poucos passos do Campo Pequeno está uma sala escura onde não se dança, mas se treina. Fomos conhecer o Bhout Boxing Club.

Escrito por
Joana Moreira
Publicidade

O ambiente é enganador. Estamos no interior da sala de treino do Bhout Boxing Club e descobrimos um espaço sem janelas, com luzes coloridas frenéticas e a música alta. À primeira vista, parece uma discoteca. Só os muitos sacos de boxe pendurados deixam antever que ali ninguém vai bater o pé na pista. Bate-se o pé e a mão, mas é contra o saco. 

Aberto desde Agosto de 2021, entre o Campo Pequeno e o Areeiro, o Bhout insere-se na tendência dos ginásios “boutique”. “São ginásios tecnológicos, diferentes e muito focados numa actividade”, explica Mauro Frota. O fundador do espaço diz que o objectivo é alcançar quem está “desencantado” com as opções actuais no mercado, algo que tem sido concretizado, a julgar pelo público nos primeiros meses. “Temos 70% a 80% de mulheres e mais de 90% das pessoas que treinam connosco nunca tinham feito nada parecido nem sequer colocado umas luvas de boxe na vida”, revela. 

Bhout
Mariana Valle Lima

A decoração industrial é mesclada com referências ao boxe e à cultura cinematográfica – basta ver as portas dos balneários com personagens como Darth Vader ou o actor Bruce Lee. Mas a grande valência do espaço é a sua componente tecnológica. “Não temos recepção, é tudo digitalizado. As pessoas inscrevem-se pela aplicação, marcam pela aplicação, e aparecem”, explica Mauro Frota

A tecnologia estende-se ao treino. Na única sala do Bhout, com capacidade para 15 pessoas, os sacos de boxe que estão pendurados no tecto foram desenhados de raiz e com um sensor no interior que mede a performance a cada soco. “Em cada golpe que a pessoa dá no saco vai ser medida a potência, a quantidade de golpes, e vai transformar em pontos”, diz.

Bhout
Mariana Valle Lima

Em dois ecrãs na sala estão os pontos de cada um dos participantes. A ideia é competir com os colegas, mas também de forma individual, já que através de uma aplicação é possível aceder aos pontos obtidos em cada aula e acompanhar a evolução. 

Durante a semana há aulas gerais e outras mais focadas ora na parte superior do corpo, ora na inferior. Todas as inscrições incluem um kit de luvas para treinar. Um treino avulso custa 14€,  20 treinos 200€, e as mensalidades começam nos 36€ por mês para quatro treinos ou 78€ para 20. Todas as mensalidades incluem um kit de luvas de treino.

Rua João Villaret, 11 (Campo Pequeno). hello@bhoutboxingclub.com 

+ Aulas de boxe em Lisboa: vamos andar à pêra?

+ Pedais, música, acção. Há um novo estúdio de cycling em Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade