A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Rafael Bordalo Pinheiro
©DRRafael Bordalo Pinheiro

Biblioteca do Museu Bordalo Pinheiro está agora disponível online

A obra de Rafael Bordalo Pinheiro está mais acessível do que nunca. O Museu Bordalo Pinheiro disponibilizou online o catálogo da sua biblioteca, com milhares de registos bibliográficos, entre monografias e periódicos.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

A biblioteca do Museu Bordalo Pinheiro, localizado no Campo Grande, existe desde que foi fundado o museu, em 1916. Especializada na obra de Rafael Bordalo Pinheiro, ceramista e caricaturista (entre outros ofícios), integra diversas publicações periódicas onde brilhou o humor de Bordalo Pinheiro, essenciais para o estudo histórico e artístico deste lisboeta de gema.

O catálogo agora disponibilizado online inclui cerca de 4000 registos bibliográficos, como monografias e periódicos, alguns deles com a cópia completa digitalizada. “Com este instrumento de pesquisa, o museu dá mais um passo importante na divulgação da obra de Bordalo, depois de em 2020 ter lançado a Colecção Online com mais de 13 mil objetos da coleção do museu. A partir de agora será possível conhecer algumas das relações entre as peças, os livros e os jornais”, explica o museu no site oficial.

Um trabalho que será enriquecido com o tempo e “progressivamente melhorado, completando informações e criando relações entre as peças”, com base nos mais de 17 mil registos da biblioteca, realizados por diversos colaboradores ao longo do seu tempo de existência.

Neste processo, foi fundamental o apoio da Hemeroteca de Lisboa, uma instituição que também tem trabalhado na digitalização de muitos jornais e revistas portuguesas, como A lanterna mágica (1839-1882), Almanach de caricaturas (1874-1876) ou O Mosquito (1846-1905).

+ Museu do Aljube disponibiliza parte do seu arquivo no site oficial

+ Descubra uma Lisboa mais antiga com a ajuda destes arquivos online

Últimas notícias

    Publicidade