Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Bicicletas da rede Gira vão ser gratuitas numa fase experimental
Passeio de bicicleta promovido pela Massa Crítica
Fotografia:Ana Luzia

Bicicletas da rede Gira vão ser gratuitas numa fase experimental

Rede de bicicletas partilhadas será alargada, com especial atenção dada à zona ocidental da cidade. Vai haver mais estacionamento para bicicletas e obras nas ciclovias.

Publicidade

Foi aprovada esta quinta-feira, em reunião de câmara, uma proposta do PCP para que a utilização das bicicletas da rede Gira seja gratuita. A medida será experimental e direccionada para estudantes, residentes e trabalhadores. O objectivo é criar passes mensais com um número de horas para utilização.

Na mesma reunião, foi também aprovada uma proposta do PSD para que as novas docas Gira cheguem em primeiro lugar às freguesias de Campolide, Campo de Ourique, Alcântara, Ajuda e Belém. A instalação destas estações permitiria atenuar os graves problemas de acessibilidade que caracterizam a zona não contemplada na rede do metropolitano e com lacunas nos serviços da Carris.

O vereador da Mobilidade, Miguel Gaspar, viu aprovada uma proposta para criação de um fundo de apoio à compra de bicicletas no valor de três milhões de euros. Essa proposta visa também a melhoria e reparação de ciclovias, através de reforços de sinalização vertical e horizontal.

Além da gratuitidade da utilização das bicicletas, a bancada comunista propôs ainda a criação de mais zonas de estacionamento de bicicletas, de linhas de financiamento para reparação de bicicletas e um reforço na aposta de projectos para o ensino do uso de bicicletas aos mais novos.

 + As lojas e oficinas de bicicleta que tem de conhecer em Lisboa

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade