A Time Out na sua caixa de entrada

bienal do ambiente
©Paul Rosero Contreras

Bienal do Ambiente com exposição e conferências dedicadas à água e aos oceanos

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

A propósito da bandeira Capital Verde Europeia 2020, Lisboa recebe pela primeira vez a Bienal do Ambiente, uma plataforma que alia a arte à investigação científica ambiental, com exposições, conferências e masterclasses. A primeira actividade acontece a 19 de Março. 

O projecto tem a direcção artística do luso-angolano Miguel Petchovsky e quer promover um diálogo entre as práticas artísticas contemporâneas e o discurso das ciências, colocando lado a lado artistas e cientistas para que pensem em conjunto sobre as alterações climáticas globais.

A bienal arranca no dia 19 com a masterclass Zona de Convergência, ministrada pelo artista Paul Rosero Contreras que vai desenvolver com os participantes um espaço de convergência entre o discurso científico e a prática artística contemporânea sobre o ambiente. Podem participar artistas, estudantes e interessados na temática ambiental – as sessões decorrem entre dia 19 e 22, quinta a domingo entre as 09.00 e as 13.00, no Espaço Camões da Livraria Sá da Costa (inscrições: abaambiente@gmail.com).  

No mesmo espaço, a 20 de Março, inaugura a exposição “Os Oceanos, Fonte Primária da Vida no Planeta” com obras de Paul Rosero Contreras e Paulo Relvas (ter-sáb 11.00-19.00 até 20 de Abril). Haverá duas instalações de Contreras na exposição: uma obra baseada numa expedição submarina a um vulcão ativo das Ilhas Galápagos e uma escultura híbrida feita de borracha, caracóis marinhos, objetos de vidro, água do mar, um sistema de som e fotografias. Já Relvas apresenta A circulação do Oceano, que explora as características únicas do oceano que banha a região do Cabo de São Vicente.

Um dos fortes da programação são as conferências no Centro Cultural de Belém. A primeira acontece este domingo, 22, às 16.00, e será onde Paul Rosero Contreras se vai juntar a vários cientistas para a conferência "Os oceanos, o aquecimento global e a biodiversidade marinha". A conferência contará com a presença de Miguel Caetano (IPMA), Paulo Relvas (Universidade do Algarve) e de Howard Wood (The Community of Arran Seabed Trust), e com moderação do astrofísico Rui Agostinho. 

Ao longo do ano, estão já confirmadas mais três conferências, sendo a próxima a 24 de Maio, com o tema "A Cryosfera e os impactes do degelo polar nos oceanos". A 27 de Setembro debate-se "A água e as inter-relações com seres humanos e biologia marinha" e a 13 de Dezembro o tema é "A água nas narrativas mitológicas do imaginário cultural/artístico". 

Vários locais. A partir de 19 de Março. Entrada livre. 

Lisboa Capital Verde Europeia 2020: os destaques do programa

Últimas notícias

    Publicidade