A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Boteânica
Boteânica

Boteânica: uma nova marca portuguesa de produtos ecológicos

De chás naturais a sabonetes artesanais, a Boteânica promete mudar a forma como se vive a sustentabilidade.

Por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

Promover a preservação do planeta através de um estilo de vida sustentável. É esta a missão de Mafalda Amarelo, que lançou uma nova marca portuguesa, natural e ecológica, em pleno confinamento. Na Boteânica, é possível encontrar desde chás, tisanas e infusões naturais até produtos para o corpo, como máscaras de argila, bombas de banho, sabonetes artesanais, champô sólido e óleos para barba. “Um estilo de vida ambientalmente consciente é uma forma de ajudar o planeta”, assegura a jovem empreendedora.

Vegetariana há seis anos, Mafalda Amarelo não é nova nestas andanças de fazer mais e melhor por um futuro verde e feliz. Aos 18 anos criou a PATA, uma associação de voluntariado animal. Aos 21 deixou a tese por fazer na área da Engenharia Mecânica para promover a então embrionária Forall Phones, que opera na economia circular de smartphones. Agora, aos 25, lança a sua própria marca, dedicada ao bem-estar e à sustentabilidade. “Tomar banho, hidratar a pele, beber um chá. É bom pensar todas essas rotinas do dia-a-dia sem ter apenas em vista o proveito próprio.”

Boteânica
BoteânicaBombas de banho

Entre as gamas de produtos já disponíveis, destacam-se os chás, desde o típico Chá Preto Inglês (5€), neste caso de agricultura ecológica, até infusões de Piña Colada (4,50€) e Frutos do Bosque (4,60€), todos à venda em sacos de 100g. Já entre os produtos para o corpo, saltam à vista os sabonetes artesanais (5€) – vegano, própolis, aloe vera e canela e laranja – e as bombas de banho (4€), de lavanda, citrino ou amêndoa. Na loja online, encontrará ainda incensos (2,50€-3€) e candeeiros de sal dos Himalaias (17€).

“Tenho fornecedores certificados, que escolhi após uma pesquisa exaustiva, para garantir a qualidade e eficácia de todos os produtos, mas também do seu impacto ambiental”, explica Mafalda, que já está focada em fazer formações para, a médio prazo, começar ela própria a produzir alguns dos produtos. A sua maior ambição é, aliás, “a produção caseira”. Antes, promete reforçar a oferta, com o lançamento para breve de velas de soja e o aumento da gama de produtos para barba (desde 10€). “São uns dos bestsellers de momento.”

+ Descubra estas marcas sustentáveis para compras online

+ Leia já, grátis, a edição digital da Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade