A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
run, corrida
DR

Cascais apela à solidariedade com uma Corrida de Natal virtual

As inscrições já estão abertas e cada atleta contribui com 5€. A prova pode ser feita em qualquer altura dentro das datas do evento.

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

Tudo em 2020 teve de ser adaptado às circunstâncias e nem as corridas escapam à realidade pandémica. Cascais lança assim, pela primeira vez, uma corrida de Natal virtual de carácter solidário. O evento decorre entre 12 e 20 de Dezembro. 

Um corrida virtual, como assim? É uma estreia da Câmara Municipal de Cascais, em parceria com o Centro de Cultura e Desporto do Pessoal do Município de Cascais (CCD Cascais), que quer fazer face à realidade actual e reforçar os apoios à comunidade carenciada nesta altura do ano. 

O evento solidário decorre entre 12 e 20 de Dezembro e desafia os participantes a correrem ou a caminharem cinco ou 10 quilómetros, num percurso e horário definidos pelos próprios, cronometrando a actividade – sempre respeitando as regras das autoridades sanitárias. 

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no site do evento, tendo um valor de 5€ que é revertido em bens alimentares. Ao valor de cada inscrição acresce ainda mais 5€ doados pela Câmara Municipal de Cascais, sendo que na totalidade também as cadeias LIDL e ALDI doarão sete mil euros cada uma em bens alimentares.  

Cada atleta inscrito vai receber em casa um kit com uma t-shirt e um dorsal para que durante as datas da Corrida de Natal possam dar corda às sapatilhas. No site é possível ir acompanhando os valores angariados que depois serão canalizados para as famílias carenciadas.

Depois de cada inscrito completar a actividade de corrida ou caminhada, deverá submeter o comprovativo no site do evento até às 23.59 de dia 22 de Dezembro, para que possa depois receber um diploma electrónico de participação.

+ Cascais vai ter Natal itinerante e a habitual roda gigante

+ Leia a edição desta semana: Restaurantes: a luta pela sobrevivência

Últimas notícias

    Publicidade