Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Cascais presta homenagem a Alfred Hitchcock com ciclo de cinema grátis

Cascais presta homenagem a Alfred Hitchcock com ciclo de cinema grátis

Publicidade

O homem que sabia demasiado, a mulher que viveu duas vezes e os quatro espiões. Podia ser o argumento de um novo filme, mas são os títulos de algumas das películas do mestre do suspense, que vão ser exibidas no Centro Cultural de Cascais.

Considerado um dos cineastas mais influentes da história do cinema, Alfred Hitchcock nasceu em 1899. Este ano, celebram-se os 120 anos do seu nascimento e a Fundação D. Luís I, com o apoio da Câmara Municipal de Cascais, presta homenagem ao realizador com a exibição de oito dos seus filmes. Mas avisamos já: o thriller Psico (1960), com a famosa cena do grito no chuveiro, não é um deles.

O ciclo de cinema arranca esta sexta-feira, 5 de Abril, às 21.30, no Centro Cultural de Cascais, com O homem que sabia demasiado (1934). No dia seguinte, 6 de Abril, começa mais cedo, às 16.30, com Os quatro espiões (1936), seguindo com Suspeita (1941). Mas há mais filmes para ver, como Sob o signo de capricórnio (1949), a 7 de Abril; e Ladrão de casaca (1955), a 12 de Abril.

Para o fim-de-semana, 13 e 14 de Abril, está programada a exibição de A mulher que viveu duas vezes (1958), Os pássaros (1963) e Cortina rasgada (1966). A entrada é livre.

+ Videoclubes em Lisboa? Três sítios para alugar filmes fora de casa

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade