A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Conservas Pinhais
© Conservas Pinhais

Chefs lisboetas cozinham com conservas para valorizar produto nacional

Campanha da Associação Nacional de Conservas de Peixe convida quatro chefs a partilharem receitas elaboradas com conservas. Leonor Godinho, Bernardo Agrela, Luís Gaspar e Pedro Abril são os convidados.

Por Sebastião Almeida
Publicidade

A indústria conserveira nacional tem uma rica história por trás e é a pensar na preservação e divulgação do produto que a Associação Nacional de Industriais de Conservas de Peixe (ANICP) lançou o convite a quatro chefs para criarem receitas com as diferentes conservas como ingredientes principais.

Durante este mês, Bernardo Agrela (A Praça), Luís Gaspar (Sala de Corte), Leonor Godinho (Musa da Bica) e Pedro Abril (Chapitô à Mesa) vão mostrar nas suas páginas de Instagram como executam as suas criações pensadas de raiz. O objectivo é que as conservas "deixem de ser vistas como um ingrediente de recurso" e que sejam valorizadas com um produto saudável e sustentável.

A campanha Vamos Conservar o que é Nosso “pretende valorizar e diferenciar as conservas nacionais como um produto de acrescida qualidade face à concorrência, mas também criar condições para os que os consumidores possam fazer uma escolha informada. A campanha é também um estímulo ao consumo de produtos de origem nacional”, detalha uma nota enviada pela ANICP.

A primeira receita foi divulgada já esta quinta-feira, 5 de Novembro, por Bernardo Agrela e é cavala fumada com espuma de castanha, cebola caramelizada e redução de vinho do Porto. A 12 de Novembro é a vez de Leonor Godinho e na semana seguinte, a 19 de Novembro é Pedro Abril o protagonista. A última receita é lançada a 26 de Novembro, cortesia de Luís Gaspar. “Mais do que uma tradição, as conservas portuguesas são o resultado da união entre o saber de várias gerações e o melhor peixe da nossa costa”, resume a organização.

+ Os chefs da nova gastronomia lisboeta

+ Leia a Time Out Portugal desta semana

Últimas notícias

    Publicidade