A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Almada
Fotografia: Duarte Drago

Cinco milhões para Almada reforçar o apoio social

A Câmara Municipal de Almada prevê investir cinco milhões de euros até 2021, para reforçar o apoio aos cidadãos em situações de vulnerabilidade e fragilidade económica.

Por Raquel Dias da Silva
Publicidade

Distribuição de máscaras reutilizáveis pela população, apoio a associações e colectividades almadenses, disponibilização de bens de primeira necessidade, farmácias sociais para ajuda na aquisição de medicamentos e linha de apoio gratuita para pagamento de despesas urgentes. A pensar na actual pandemia de Covid-19, o Plano Almada Solidária reforça as verbas previstas para a política social do município, com um investimento no valor de cinco milhões de euros até 2021.

“É a maior iniciativa de apoio social já lançada em Almada e tem na sua estrutura a capacidade de se ir adaptando às necessidades mais prementes”, diz a presidente da Câmara Municipal de Almada, Inês Medeiros, que garante ainda que a autarquia está atenta “para que ninguém fique só face à adversidade”.

O reforço das valências da linha de apoio gratuita Almada Próxima (800 1201 040) é uma das mais recentes medidas no âmbito deste plano solidário, aprovado em Reunião de Câmara no passado mês de Maio, mas com acções implementadas desde o início do Estado de Emergência. O objectivo é promover o acesso a apoio e acompanhamento social por parte das diferentes respostas de protecção social existentes, como o programa Almada Solidária, que permite às famílias com menos recursos acederem a bens alimentares e serviços essenciais, ou o programa Almada Cuida, que se traduz em medidas promotoras da inclusão social e cidadania activa, como uma linha para apoio financeiro pontual e um cartão municipal para acesso a cultura, desporto e outras actividades.

Disponível de segunda a sexta-feira (excepto feriados), das 10.00 às 13.00 e das 14.00 às 16.30, esta linha de apoio foi pensada para residentes no concelho que desconhecem os mecanismos e estruturas disponíveis no território e não sabem a que entidades recorrer para apoio social, mas pode ainda ser utilizada por quem, independentemente da sua condição financeira, pertença a um grupo de risco, não disponha de rede de suporte e se encontre em situação de isolamento ou quarentena.

Para mais informações, basta consultar a secção de comunicados do site da Câmara Municipal de Almada, onde são anunciadas as diferentes iniciativas do município.

+ Um roteiro por Cacilhas

Últimas notícias

    Publicidade