A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
‘The Shining / Cinnet' (1980)
‘The Shining / Cinnet' (1980)

Cinema Medeia Nimas reabre a 10 de Junho com programação especial

Em tela vão estar a segunda fase do ciclo Buñuel e ciclo Roman Porno do estúdio Nikkatsu, além da estreia do filme italo-francês Martin Eden.

Por Tiago Neto
Publicidade

Foi através de comunicado que a sala anunciou, esta terça-feira, o regresso às sessões depois do encerramento durante três meses. Dia 10 de Junho, data coincidente com o dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, foi a escolha para voltar a abrir portas aos espectadores, agora com novas regras de segurança. Uso obrigatório de máscara no interior, redução de lotação e lugares marcados são algumas das medidas adoptadas.

A programação abre com Non, Ou a Vã Glória de Mandar (1990), de Manoel de Oliveira, ao qual se seguirá uma conversa com Paulo José Miranda, biógrafo do cineasta, e com o produtor. Ao longo do mês há também um especial Stanley Kubrick, primeiro com 2001 – Odisseia no Espaço, que é aqui apresentado numa cópia digital restaurada em formato 4K, e The Shining (1980), em versão longa e restaurada.

Por Favor, Não Me Morda o Pescoço (1967), de Roman Polanski, é outro dos filmes em cartaz, também este numa cópia restaurada e em versão de realizador. O filme A Cidade Branca (1983), de Alain Tanner, e que constou da selecção oficial em competição no Festival de Berlim, chega ao ecrã também em versão 4K, restaurada pelo director de fotografia Acácio de Almeida.

O Medeia Nimas destaca depois dois ciclos cinematográficos. A 11 de Junho, 25X Boñuel, iniciado em Julho de 2019, traz à tela dez obras do mexicano Luis Buñuel, oito das quais cópias restauradas. A partir de 18 de Junho, e até ao dia 22 de Julho, inicia-se o ciclo Roman Porno, da Nikkatsu, com dez filmes inéditos e cópias restauradas, entre cinco clássicos e cinco homenagens modernas de 2016, que foram produzidas na celebração dos 45 anos do género.

Outro ponto previsto ao longo do mês é a continuação das sessões de estreia do filme Mosquito, de João Nuno Pinto, e de Quarto 212, de Christophe Honoré. Martin Eden, do italiano Pietro Marcello, vai finalmente estrear no dia 2 de Julho. Por último, o destaque segue no cinema transalpino com a exibição de dois filmes de Nanni Moretti: Querido Diário Plombella Rossa, ambos restaurados digitalmente. A estes, juntar-se-á o documentário Se De Tudo Fica Um Pouco. No Rasto de Antonio Tabucchi, seguido de conversa e leituras com Maria José de Lancastre.

A fechar, e em homenagem a Michel Piccoli, o Nimas exibe E EntãoLa Plage Noire, com produção de Paulo Branco. Os preços para as sessões variam entre os 4€, para sessões até às 13.30 e descontos, e os 8€.

+ MAAT reabre a 10 de Junho com nova programação

Últimas notícias

    Publicidade