A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Cinema, Filmes, Cinemateca de Lisboa
©DRCinemateca de Lisboa

Cinemateca reforça a sua plataforma digital

A página 'Gestos & Fragmentos' tem novas rubricas, numa tentativa de aproximar a Cinemateca do seu público durante o confinamento.

Por
Sebastião Almeida
Publicidade

Ainda que as idas ao cinema tenham sofrido um interregno com o novo confinamento, a Cinemateca Portuguesa não quer deixar de continuar a levar a sétima arte a casa de todos os cinéfilos. Criada durante o primeiro confinamento, a plataforma Gestos & Fragmentos tem agora uma imagem renovada e novas rubricas.

“Tal como aconteceu no primeiro período de confinamento, a Cinemateca volta a promover um conjunto de iniciativas em linha que procuram responder à suspensão das actividades presenciais. Como afirmámos antes, não se trata de substituir o que é insubstituível”, lê-se na página oficial da Cinemateca. “Mas de levar outras experiências a quem, agora, não nos pode visitar, e a quem, por condição (por viverem fora da capital) não o pode fazer senão esporadicamente”.

A partir desta quarta-feira, estão disponíveis novos conteúdos no site, incluindo filmes e exposições virtuais. Destaca-se ainda a rubrica Imagens de Portugal, “uma nova secção para descobrir alguns filmes que integram a Cinemateca Digital”. Aí encontrará o acervo de 13 anos de episódios do jornal de actualidades Imagens de Portugal, de 1953 a 1966, e uma série de filmes, de seu nome Portugal em Imagens, cuja pesquisa pode ser feita com base no concelho em que foram filmados.

Estão previstas novas rubricas nas próximas semanas. Entretanto, pode aceder à renovada página Gestos & Fragmentos e descobrir histórias do cinema, a colecção de aparelhos e objectos museográficos da Cinemateca ou deliciar os mais pequenos com as propostas de oficinas, actividades e pequenos filmes para dar a conhecer o mundo do cinema aos mais novos.

+ Leia grátis a Time Out Portugal desta semana

+ Os melhores filmes clássicos

Últimas notícias

    Publicidade