Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Conheça os vencedores do Concurso Sardinhas Festas de Lisboa
Notícias / Vida urbana

Conheça os vencedores do Concurso Sardinhas Festas de Lisboa

sardinhas concurso 2019
©EGEAC As sardinhas vencedoras

Por terra, por mar e por cabos de rede. Fãs de sardinhas de trinta países enviaram as suas criações para a EGEAC, mas este ano todas as grandes vencedoras são portuguesas.

No pódio dos vencedores encontra a Sardinha Feminista, de Ana Filipa Olímpio Curly, que representa as mulheres e a sua diversidade, da orientação sexual aos estratos sociais e culturais; a A sardinha é minha, de Cláudia H. Abrantes, que ilustra uma disputa por uma sardinha entre uma mulher e uma gaivota; a Sardinha local, de Filipa Drummond Dantas, que põe água na fervura no tema do Alojamento Local ao defender que “Lisboa é boa demais para não partilhar, é dos turistas e dos locais”; a sardinha Multidão, de Jaime Ferraz, piscando o olho aos cardumes de pessoas que andam como se fossem um só; e a Prato do Dia, de Matilde Horta, uma sardinha “plastificada na brasa”, alertando para o lixo nos oceanos.

Cheila e João, da Escola Secundária Marques de Castilho (em Águeda), foram os grandes vencedoras da Turma da Sardinha com um desenho dos colegas e da professora da turma.

O concurso não fechou sem distribuir menções honrosas por mais cinco exemplares, uma votação do público feita via Facebook. Os distinguidos foram a Sardinha sempre em festa de Carla Freire aka Mountain Spirit; a Sardinha é amor! de Catarina Bico; a Sardinha Barraquinha, de Diogo Bessa e O Monstro da Pegada e o Herói Verde, de Duarte Próspero aka Mtáfora.

 

As menções honrosas

 

júri de serviço foi composto este ano pela música Capicua, a ilustradora Kruella D’Enfer, o multifacetado Rui Maria Pêgo e pelo designer Jorge Silva. Ao grupo juntou-se Isabel Minhós Martins, fundadora da editora Planeta Tangerina, para escolher a mais bela sardinha do novo concurso lançado este ano dedicado aos alunos das escolas do Ensino Básico de todo o país: a Turma da Sardinha.

Como tem sido tradição, as criações vencedoras serão distribuídas pelas ruas da cidade durante o mês das festas. Fique atento.

+ Festas de Lisboa trazem arraiais, marchas e um tributo a Variações com Conan Osiris

+ O cinema grátis ao ar livre regressa em Junho à Quinta das Conchas

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments