Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Dear Breakfast: o querido dos pequenos-almoços abriu um segundo espaço na Baixa
Notícias / Comida

Dear Breakfast: o querido dos pequenos-almoços abriu um segundo espaço na Baixa

Dear Breakfast Baixa
©Inês Félix

Julien Garrec abriu o primeiro Dear Breakfast em 2017, em Santos. Dois anos depois, o império dos pequenos-almoços e brunches cresceu, primeiro com uma versão mexicana, o Chérie Paloma, também em Santos, e agora com um segundo Dear Breakfast, na Baixa. 

A decoração mantém-se minimalista, com muito branco, mesas em mármore e detalhes em veludo rosa nos bancos. Mas é muito maior, com dois pisos e os grandes janelões para Calçada de São Francisco a fazer de cenário perfeito para a foto-postal, com o eléctrico a passar a porta. “Precisávamos de um sítio maior. No outro há mais mesas de dois, aqui há maiores e dá para juntar, para grupos”, justifica Julien, explicando o seu Dear Breakfast como um espaço que é “algo entre uma coffee shop, um juice bar e um novo bistro”.

Fotografia: Inês Félix

 

 

Toda a identidade se mantém, especialmente na carta, que nasceu carregadinha de opções de ovos, dos mexidos aos Benedict, passando pelos Florentine ou Royale, para comer a qualquer hora do dia. “Mantemos os básicos mas esta é uma oportunidade de fazer novas parcerias e experimentar mais coisas na cozinha”, explica o responsável, destacando a estreia na Baixa, um bairro central, apesar de não estar no epicentro.

Para o pão estão a trabalhar com a padaria Terra Pão, de Arroios, para os gelados com a Davvero, para a kombucha com a portuguesa Captain Kombucha – e introduziram o Aperol Spritz.

 

Ovos fritos, salsichas de peru, tomate, espinafres e batatas
Fotografia: Inês Félix

 

Neste segundo Dear Breakfast há dois chefs responsáveis, Tamara Lowande e Steve Léon Brown. Entre as novidades na carta, por enquanto apenas disponíveis neste espaço, está o novo prato de ovos a fazer lembrar o english breakfast, com dois ovos fritos, salsichas de peru, tomate, espinafres e batatas (9€); a big quinoa salad, um prato grande e colorido com quinoa, abacate, salmão fumado, beterraba, cebola em pickle e romã (10€); ou as sanduíches, perfeitas também para o formato grab&go: a egg sandwich, com ovos mexidos, bacon, molho piri piri e queijo (4,50€) ou a de fiambre de Parma e mostarda dijon (4€).

 

Big quinoa salad
Fotografia: Inês Félix

 

Nas bowls há também uma nova, a blueberry soja, com iogurte de soja, banana, bagas, manteiga de amendoim e pólen (7€). O velvet potion, com açaí, banana, mirtilos, granola e manteiga de amendoim (4,80€) é o acrescento aos smoothies.

Em breve também haverá nova torre de panquecas a juntar-se às duas opções já existentes, a salgada, com bacon, mapple syrup e ovos fritos (7€), ou a doce, com com frutos vermelhos, creme de café e suspiros (7€). 

 

Blueberry soja bowl
Fotografia: Inês Félix

 

Aos fins-de-semana há menu de brunch, tal como no primeiro Dear Breakfast, com torradas e doce, croissant e um prato de ovos ou panquecas. Para beber, está incluído chá ou café e Aperol Spritz, Bloody Mary, Mimosas ou sumo de laranja, com refills sem custo extra (18,50€ por pessoa). Atenção que não fazem reservas. 

+ Os melhores brunches em Lisboa

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments