Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Drawing Room: a feira dedicada ao desenho volta em Outubro e vai ter versão digital
Drawing Room
Drawing Room

Drawing Room: a feira dedicada ao desenho volta em Outubro e vai ter versão digital

Próxima edição quer reactivar o mercado da arte contemporânea do desenho e fomentar novos negócios na área.

Publicidade

A feira de arte contemporânea especializada em desenho, a Drawing Room, regressa a Lisboa para a sua 3.ª edição. Decorre entre 14 e 18 de Outubro na Sociedade Nacional de Belas Artes (SNBA) numa versão presencial dedicada aos galeristas e artistas nacionais, e terá também uma feira online para as galerias internacionais. 

Esta edição prevê ser uma alavanca de oportunidade para a classe artística do desenho no sentido de fomentar novos negócios e pôr novamente o mercado a mexer, mostrando “o espaço que o desenho pode ocupar no sector da arte contemporânea”, refere a organização em comunicado. 

Este ano o tema recai sobre o desenho contemporâneo português, privilegiando no espaço físico da feira as galerias e artistas nacionais, bem como algumas galerias espanholas pela presença da Feira congénere Drawing Room Madrid. 

Das galerias nacionais marcam presença a Filomena Soares, Uma Lulik, Módulo, Carlos Carvalho, Bruno Murias, Fonseca Macedo de Ponta Delgada e Kubik do Porto, às quais se vão juntar algumas estreantes a anunciar em breve. 

Além destas galerias, a Drawing Room dará também espaço e voz a artistas sem galeria através de uma mostra colectiva, também disponível para venda.

Já as galerias internacionais terão um versão online da feira. Será através de uma plataforma própria, associada ao site da Drawing Room, que vai ser possível explorar as obras que cada galeria preparou para esta apresentação digital. Nesta 3.ª edição, esta versão da feira é dedicado ao fenómeno italiano das cidades alla misura del uomo, pequenas cidades antigas com uma vida artística vibrante.

Previstas estão também algumas visitas a ateliês de artistas e exposições de instituições públicas da cidade que valorizam o desenho e os estudos artísticos, tudo mediante marcação para evitar aglomerados. Haverá ainda uma programação paralela, exibida na biblioteca da SNBA e transmitida online. 

Tal como as actividades culturais que têm preenchido a agenda, também a Drawing Room decorrerá de acordo com as directrizes emitidas pela Direcção-Geral da Saúde, pelo que haverá um limite do número de pessoas no espaço do Salão da Sociedade Nacional de Belas Artes e será obrigatório o uso de máscara.

Também o número de galerias previstas será reconfigurado e haverá um guia de instruções para manuseamento correcto e seguro das obras.

Sociedade Nacional de Belas Artes. 14-18 de Outubro. 5€.

+ Leia aqui a Time Out Portugal desta semana e descubra como ser turista na própria cidade

+ Exposições em Lisboa para visitar este fim-de-semana

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade